Menu
Início Chegada da Maersk ao Porto de Suape deve promover migração em massa de operários do Tecon, além de novos empregos

Chegada da Maersk ao Porto de Suape deve promover migração em massa de operários do Tecon, além de novos empregos

10 de janeiro de 2023 às 15:38
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
porto de suape, maersk
Uma fonte anônima de dentro do Porto de Suape revelou à reportagem do portal Click Petróleo e Gás que deve haver uma grande migração de trabalhadores do Tecon para a Maersk

Informação de que gigante dinamarquesa irá instalar um terminal de contêineres no porto pernambucano está criando grandes expectativas de melhores empregos entre os trabalhadores

É grande a expectativa para a chegada da maior empresa de logística marítima do planeta ao Porto de Suape, localizado no município do Cabo de Santo Agostinho, no litoral sul de Pernambuco. A APM Terminals – Maersk arrematou, em julho do ano passado, uma área do estaleiro Atlântico Sul e agora deve construir um terminal para movimentar 400 mil TEUs (unidade de contêiner equivalente a vinte pés), o que vai modernizar e aumentar o potencial de operação do complexo portuário em 55% e criar novos empregos. A informação vem sendo um dos assuntos principais no meio operário desse que é o principal complexo portuário do Nordeste.

Uma fonte anônima de dentro do Porto de Suape revelou à reportagem do portal Click Petróleo e Gás que deve haver uma grande migração de trabalhadores do Tecon para a Maersk. A empresa de origem filipina opera no local desde 2001 em forma de concessão. Os relatos são de que a cada novidade anunciada sobre a chegada da gigante dinamarquesa é grande o fluxo de compartilhamento de notícias nos celulares e nas rodas de conversa.

Artigos recomendados

Ainda segundo à nossa fonte, vários operários estão criando perfis no Linkedin – rede social de identidade profissional e negócios – sob a informação de que haverá anúncios de vagas dos novos empregos por lá. Além disso, corre a informação de que os trabalhadores da APM Terminals – Maersk lotados no Porto de Pecém, no litoral do Ceará, teriam ganho 14º salário em dólares em 2022, o que poderia acontecer em Pernambuco também.

As obras do novo terminal da Maersk no Porto de Suape pode começar já em 2023. Serão investidos até R$ 2,6 bilhões. A expectativa da companhia é de iniciar as operações em 2026. Durante obra do novo terminal de contêineres, mais de 3 mil empregos devem ser gerados. Durante a operação, estima-se que serão 400 postos de trabalho. Sobre colocar fim do monopólio do Tecon, a companhia dinamarquesa diz que “a concorrência pode agregar valor aos clientes e atrair novos fluxos de cargas, ajudando o porto de Suape a crescer mais rapidamente e gerando mais negócios para o Estado de Pernambuco”.

Planejamento já começou…

O Porto de Suape confirmou em 2022 vários empreendimentos importantes para o futuro. Alguns desses negócios de sucesso favorecem a chegada da Maersk no local. Em novembro, o Porto fechou acordo para que a empresa holandesa Royal Van Oord termine a dragagem do canal principal do atracadouro para aprofundamento de 20 metros em toda extensão. Com as obras, o terminal portuário fica mais atrativo ao mercado internacional, podendo receber navios maiores.

No mesmo mês, a Maersk anunciou que vai expandir sua atuação em transporte terrestre após a compra de 222 novas carretas e 113 “cavalos mecânicos” (EURO 5 Meteor e Constellation), sendo esse o maior lote do modelo já entregue pela Volkswagem.

Esses novos caminhões são indicados para o transporte rodoviário de carga para médias e longas distâncias. Assim, a empresa irá expandir seus negócios que envolvem o setor de alimentos e bebidas, eletrônicos, utensílios domésticos e até itens de uso pessoal.

Essa é uma estratégia que fortalece suas rotas de São Paulo ao Amazonas e amplia a atuação na Bahia e Santa Catarina e Pernambuco, lugares onde a companhia tem se consagrado em embates jurídicos para novos negócios, entre eles a própria compra da área localizada no Estaleiro Atlântico Sul, em Suape.

Suape: outros negócios de sucesso em 2022

Suape também anunciou a chegada de um terminal de minérios da Bemisa. O projeto deve custar R$ 1,5 bilhão com estimativa de movimentar 13,5 milhões de toneladas de minérios de ferro por ano, sendo possível estocar no pátio 780 mil toneladas do produto.

O último anúncio de sucesso foi a confirmação da implantação de um terminal de gás natural liquefeito (GNL). O Governo de Pernambuco escolheu a holding brasileira OnCorp para as obras do terminal de gaseificação de gás natural liquefeito.

Recentemente, o Porto de Suape teve sua autonomia devolvida. Assim, as operações de cais e píeres, além de contratos de arrendamentos e estabelecimento de tarifas, fica a cargo da Autoridade Portuária. Isso permite que o Porto conduza estudos, elabore editais, realize procedimentos licitatórios e a celebração dos contratos relativos aos arrendamentos portuários com mais agilidade e menos burocracia. Essa condição havia sido perdida em 2013, quando a chamada Lei dos Portos (Lei 14.047/20) passou a valer.


Você quer receber apenas notícias e vagas de emprego do seu interesse? A solução chegou através do app CPG VAGAS E NOTÍCIAS! Se você é pintor, vai receber no seu celular apenas oportunidades neste cargo. E será assim com pedreiro, técnico, engenheiro e etc..... Não perca nada do que acontece no mercado de trabalho e econômico do Brasil, baixe agora o app CPG VAGAS E NOTÍCIAS, disponível para Android e IOS!

APP CPG VAGAS E NOTÍCIAS

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
BANNER POPUP CPG VAGAS E NOTICIAS 2 Fechar