Atua Energia investe R$ 110 milhões e Rio Grande do Norte vai ganhar oito usinas de geração de energia solar

Valdemar Medeiros
por
-
04-12-2021 20:25:52
em Energia Renovável, Energia Solar
Atua enegria - energia solar - Rio grande do Norte - investimentos - usinas solares - A produção de energia solar fotovoltaica em estados brasileiros tem crescido de ano para ano – crédito: Expressoon

Ao total serão oito usinas de energia solar instaladas em cidades do interior do estado do Rio Grande do Norte. A empresa responsável pelas obras das usinas, Atua Energia, afirmou que pretende investir mais de 100 milhões de reais, para que o projeto saia do papel o quanto antes    

O estado do Rio Grande do Norte irá ganhar mais oito usinas de geração de energia solar. A empresa Atua Energia chegou no estado para investir cerca de R$ 110 milhões, e já pretende instalar unidades nos municípios de Assu, Acari, Caicó, Alto Rodrigues, Governador Dix-Sept Rosado, Baraúnas, Jucurutu e Apodi. Na primeira fase de instalação das usinas, serão gerados apenas 22 megawatts. De acordo com a Atua Energia, a implantação das usinas de energia solar irá gerar em torno de 320 empregos diretos, ao longo dos próximos 2 anos. O governo do Estado do Rio Grande do Norte está empenhado em agilizar os procedimentos de concessão de licenças ambientais e também de segurança jurídica.

Leia outras notícias relacionadas

Saiba mais sobre o projeto desenvolvido pela Atua Energia no RN

Governadora Fátima Bezerra se reúne com representantes de empresa que vai instalar oito usinas de energia solar no RN — Foto: Elisa Elsie

O projeto de instalação de usinas geradoras de energia solar da Atua Energia irá atender cerca de 500 clientes que tiverem consumo de energia mensal em torno de R$ 10 mil. Este projeto é destinado às micro, pequenas e médias empresas do Rio Grande do Norte.

Segundo afirmações feitas pela governadora do Estado do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, em reunião com o diretor da Atua Energia, prefeitos das cidades escolhidas e demais representantes do governo na última quinta-feira (2), o estado do RN é líder nacional em geração de energia eólica e possui alto potencial para gerar também energia solar.

A governadora disse ainda que todo o investimento que está sendo feito veio para agregar à produção de energia renovável do Estado e auxiliar no desenvolvimento econômico e social sustentável.

Investimentos e criação de comitê para melhor administrar a execução do projeto

Fátima Bezerra determinou que fosse criado um comitê dentro da Câmara de Energias Renováveis da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, a SEDEC, para acompanhar e auxiliar na execução do projeto.

Os investimentos irão beneficiar micro, pequenos e médios empreendedores com fonte de energia limpa e muito mais barata, em diversas regiões do Rio Grande do Norte, de acordo com a governadora do Estado.

Implantação das usinas

Jaime Calado, responsável pela SEDEC, relatou que a matriz energética do Rio Grande do Norte é formada por 94% de fontes limpas, ficando a frente do índice registrado na Dinamarca, país responsável pelo início do processo de geração de energia limpa em larga escala.

O índice do país é de 65% apenas. Jorge Maciel, diretor da Atua Energia, relatou que a empresa já está pronta para iniciar a implantação das novas usinas no Rio Grande do Norte.

Jorge explicou que assim que a energia solar for captada e distribuída aos empreendedores, os mesmos passarão a ter uma redução de 20% no custo de consumo, além de terem liberdade para se credenciar como geradoras de energia renovável, sem precisar se envolver diretamente com os custos e processo de geração de energia.

Publicidade




Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.