MENU
Menu
Início Agronegócio brasileiro: veja como esse se tornou o carro chefe da economia em nosso país; setor contribui com quase 30% do PIB do país e sustenta 20 milhões de empregos

Agronegócio brasileiro: veja como esse se tornou o carro chefe da economia em nosso país; setor contribui com quase 30% do PIB do país e sustenta 20 milhões de empregos

17 de janeiro de 2023 às 18:43
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Agronegócio brasileiro: veja como esse se tornou o carro chefe da economia em nosso país
Agronegócio brasileiro: veja como esse se tornou o carro chefe da economia em nosso país (Foto/divulgação)

Falando em agronegócio no Brasil, não se pode deixar de citar Alysson Paolinelli de Bambuy, que foi ministro da Agricultura no governo Geisel de 1974 a 1979. Em apenas cinco anos, é o suficiente para provocar mudanças radicais na agricultura brasileira.

A liderança de Paolinelli na agricultura brasileira, e mais especificamente em seus cinco anos de história, criou uma enciclopédia infinita de ensinamentos que permanecerão para sempre no campo e jamais serão esquecidos graças aos avanços colocados em prática, e hoje e sempre ocuparão o cotidiano das pessoas mesa, em qualquer canto do mundo.

A virada da agricultura em agronegócio brasileiro. A agricultura virou “agronegócio”, mas os próprios produtores brasileiros, que têm orgulho do que fazem, preferem valorizar sua linguagem e ninguém usa uma palavra que não seja AGRONEGÓCIO hoje em dia.

Artigos recomendados

O setor contribui com quase 30% do PIB do país, sustenta 20 milhões de empregos e oferece um grande número de recrutadores em várias regiões para encontrar trabalhadores em falta. Hoje, enxadas e carrinhos de mão estão quase extintos na agricultura. São oportunidades de trabalho que oferecem boa remuneração e condições de qualificação.

Desde que o interessado tenha conhecimento técnico prático ou adquirido em uma boa escola, há lugar para todos. O agronegócio busca não apenas credenciais e valores, mas sem prejuízo de quem entende do assunto. Portanto, não podemos questionar a importância crucial da agricultura para o desenvolvimento do Brasil.

A partir de agora, não será uma grande montadora ou uma fabricante de aeronaves que será mais importante do que a comida que será colocada na boca da população mundial. Este é o tema que gira em torno das rodas da maior autoridade da terra. Todo mundo sente esse problema na “carne”.

Agronegócio brasileiro e meio ambiente precisam andar lado a lado

Portanto, a agricultura e o meio ambiente precisam andar de mãos dadas. Precisamos de comida para sobreviver, mas um ambiente confortável nos permitirá viver uma vida longa e tranquila, o que beneficiará nossos filhos e netos. Existem profissionais ruins em todas as áreas. Quantos escândalos vimos no mundo médico, políticos seniores corruptos, futebol, escolas, visando negros e mulheres e não muito longe nas famílias.

Por que algumas pessoas que viajam pela estrada dos negócios agrícolas não cometem erros ou mesmo absurdos? Claro que existe, e precisa ser corrigido e até punido! Contrabando de agrotóxicos, desmatamento, ocupação de terras e mineração ilegal estão escondidos do céu!

Mas colocar no mesmo barco aqueles que levaram o Brasil a ser o número um do mundo em produção de alimentos e carnes é covarde! Mesmo com a recessão mundial em meio à pandemia e a guerra no Leste Europeu continuando, temos orgulho do desempenho do Brasil na produção de alimentos para o mundo.

Tudo o que acontece nos grandes mercados agrícolas tem impacto direto nos pequenos produtores. Insumos não tem preço no mercado, uma arroba de vaca, um quilo de galinha, um litro de leite, uma dúzia de ovos são mais baratos para criança pequena. Todos pagam o mesmo preço com as mesmas moedas! Portanto, o apoio total dos agricultores familiares é justo e merecido! Mas não podemos “demonizar” o agronegócio como muita gente boa quer fazer.

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR