Acidente de trabalho esmaga perna de estivador em porto no Espírito Santo

Roberta Souza
por
-
31-05-2021 16:23:03
em Indústria Naval, Portos e Estaleiros
Porto – acidente de trabalho – Espírito Santo Terminal de Produtos Siderúrgicos/ Fonte: A Gazeta Espírito Santo

No Porto de Praia Mole, no estado do Espírito Santo, um estivador de 59 anos sofreu um acidente de trabalho no último sábado (29/05)

No último dia 29 de maio, por volta de 8 horas, um estivador de 59 anos teve a perna direita esmagada em um acidente de trabalho, no Porto de Praia Mole, no estado do Espírito Santo. De acordo com a irmã da vítima, uma placa de aproximadamente 20 toneladas deslizou da empilhadeira e caiu no porão do navio atingindo o estivador, no Terminal de Produtos Siderúrgicos, que é operado pela ArcelorMittal. Veja ainda: Petrobras informa morte de colaborador em acidente ocorrido no FPSO Cidade de Mangaratiba

Notícias sobre o estivador que sofreu o acidente de trabalho no Porto de Praia Mole, no Espírito Santo

O trabalhador Jocimar Miguel Gonçalves, que atua como estivador há mais de 30 anos, está internado em um hospital e segundo familiares, o estado de saúde da vítima requer alguns cuidados. A irmã do estivador, Jaciara Antônia Gonçalves, diz que uma placa de aproximadamente 20 toneladas deslizou da empilhadeira e caiu no porão do navio atingindo o estivador, no porto no estado do Espírito Santo.

Segundo a irmã, o estivador não teve que amputar a perna no acidente de trabalho no porto, porém teve uma hemorragia muito grave, acarretando no rompimento dos vasos, que foram reconstituídos na cirurgia feita no sábado. Jaciara ainda diz que ele teve várias fraturas sérias, alguma expostas, que segundo ela só poderão ser tratadas após restabelecimento da primeira cirurgia.

Um amigo próximo da vítima que sofreu o acidente no porto no estado do Espírito Santo, que não quis se identificar, disse que o estivador estava no momento do acidente trabalhando no porão de um navio.

Nota da ArcelorMittal sobre o acidente

A ArcelorMIttal, que opera o Terminal de Produtos Siderúrgicos no Porto de Praia Mole, disse que os primeiros socorros foram realizados de forma imediata no local e o estivador foi logo encaminhado a um hospital da região. A empresa ainda cita que o estivador está medicado, consciente, e está recebendo todo o atendimento necessário.

A empresa que opera o Terminal de Produtos Siderúrgicos, no Porto de Praia Mole, disse que as investigações sobre o acidente de trabalho no estado do Espírito Santo estão em curso e o caso está sendo devidamente acompanhado e monitorado.

Veja ainda: Espírito Santo perde Porto offshore de Itaipava e instalação será transferida para o Porto do Açu

Após a suspensão de suas operações e desistência por parte da empresa anterior responsável, o porto offshore de Itaipava, situado no Espirito Santo, agora será transferido para o Porto do Açu. O empreendimento do porto para atendimento à indústria de produção e exploração de petróleo e gás seria feito pela empresa Edison Chouest Offshore e, inicialmente, iria gerar em torno de 1,5 mil vagas de trabalho.

A empresa decidiu transferir o investimento para o Porto Açu. Segundo Theodorico Ferraço, deputado estadual do Espírito Santo, a Edison Chouest Offshore assinou contrato com o porto do Norte Fluminense para a criação de uma base de apoio offshore, investimento de R$950 milhões. Segundo ele, a perda é justificada pela demora no início das obras do Contorno Rodoviário de Itaipava e do sistema de abastecimento de água no Espírito Santo.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos