Início Abertura de micro e pequenas empresas quebra recordes no País em 2021. Segundo o Sebrae, foram mais de 3,9 milhões de novos empreendimentos

Abertura de micro e pequenas empresas quebra recordes no País em 2021. Segundo o Sebrae, foram mais de 3,9 milhões de novos empreendimentos

23 de fevereiro de 2022 às 21:59
Compartilhe
Siga-nos no Google News
empreendimento, empresas, Sebrae
Foto: Reprodução Google Imagens (via Rede Brasil Atual)

Empreendimentos no Brasil alavancou quase 20% em relação a 2020. Para o Sebrae, criar empresas próprias é um caminho promissor

A partir de informações fornecidas pela Receita Federal, dados de pesquisa realizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) apontam que, no ano de 2021, foram formalizados quase 4 milhões de novos empreendimentos. Em comparação ao ano retrasado (2020), o crescimento em números foi de 19,8%, equivalente à criação de 3,3 milhões de novos CNPJs. Já em relação ao ano de 2018, o avanço foi de 53,9%, mais da metade de CNPJs registrados, com 2,5 milhões de novas micro e pequenas empresas.

Leia também:

O presidente do Sebrae, Carlos Melles, enfatiza que o empreendimento no Brasil está propenso a continuar em crescimento. “O relatório da Global Entrepreneurship Monitor (GEM) 2020, realizado pelo Sebrae e pelo Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBPQ), estima que 50 milhões de brasileiros que ainda não empreendiam, tinham planos de abrir um negócio nos próximos três anos”, ele afirma.

Empreendimentos de variados tamanhos

Conforme publicado no Canaltech por Roseli Andrion, para o presidente do Sebrae o crescimento de empresas e outras formas de empreendimentos no Brasil tem relação direta com a melhoria do contexto de negócios no país e com a estabilização da configuração jurídica do Microempreendedor Individual (MEI). Entre todos os Cadastros Nacionais de Pessoa Jurídica registrados no ano passado, somente 20% dos empreendimentos abertos não são MEI, ou seja, 3,2 milhões de CNPJs estão atrelados a microempresas. Segundo Melles, há alguns anos, entre 2018 e 2019, os empreendimentos MEI eram equivalentes a 75% das pequenas empresas fundadas.

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

Do total de empreendimentos abertos no último ano, as microempresas correspondem a 17,35%, ou 682,7 mil em números – o que se configurou como recorde. Nos anos anteriores, esses números foram mais baixos: 579,5 mil em 2020; 579,3 mil em 2019; e 540,6 mil em 2018. Quanto ao total de empresas de pequeno porte, em 2021 foram registradas 121,9 mil. Já em 2020, foram 29% a menos, com 94,3 mil empresas; em 2018, a quantidade foi 62,5% menor que no ano passado, com 75 mil. O presidente do Sebrae Carlos Melles pontua: “Não só os MEI apresentaram crescimento, mas todos os portes que compõem o universo dos pequenos negócios no Brasil. Isso mostra que esse segmento é, realmente, o caminho para a retomada”.

Saiba mais detalhes do setor promissor que é o empreendedorismo

Como explicitam os dados do Sebrae, os empreendimentos brasileiros vêm ganhando força e destaque nos últimos anos. Segundo dados do levantamento de 2018 do GEM, 38% da população do país é dona do próprio negócio.

Facilidade para abrir um CNPJ

Equivalente ao nosso CPF, o Cadastro para empresas é de suma importância. Hoje, o processo de abertura pode ser realizado sem sair de casa, através da web. Para quem é MEI e necessita emitir notas fiscais, o procedimento também é online.

Áreas mais favoráveis

De acordo com o Caderno de Tendências 2019-2020, parceria do Sebrae com a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos, o nicho de cosméticos naturais tem um futuro promissor e vale a pena o empreendimento. Também na onda da sustentabilidade, empresas de comida “plant-based”, ou seja, sem ingredientes de origem da pecuária, são uma ótima aposta.

Empresas digitais no mercado

Atualmente recebe grande destaque quem realiza um empreendimento virtual, como lojas no Instagram, por exemplo. Ou, além, cada vez mais têm surgido grandes empresas que atuam apenas virtualmente: plataformas de streaming que ocupam as TVs de diversos brasileiros, como a Netflix, e bancos digitais que atendem às mesmas necessidades de um convencional, como o Nubank. Assim, a tecnologia representa uma incrível ferramenta para alavancar pequenos ou micro empreendimentos e gerar uma renda extra. 


Assista também a reportagem do canal Band acerca do levantamento do Sebrae: Abertura de pequenos negócios bate recorde

Relacionados
Mais recentes