Yara anuncia a venda do projeto de mineração de fosfato, em Minas Gerais, por US$ 410 milhões

Valdemar Medeiros
por
-
04-08-2021 12:46:01
em Indústria e Construção Civil
Yara - mineração - fosfato - Minas Gerais Projeto Serra do Salitre – Foto: Yara / Divulgação.

Para focar em soluções de alimentos e outros setores, a Yara anunciou a venda do seu projeto de mineração de fosfato, em Minas Gerais, para a EuroChem no valor de US$ 400 milhões. O projeto tem capacidade estimada de produzir 1,2 milhão de toneladas de rocha fosfática

A Yara assinou com a EuroChem, um acordo de compra de ações com o objetivo de vender seu projeto de mineração de fosfato Salitre, em Minas Gerais. O valor do acordo chegou a US$ 410 milhões e compõe o projeto da empresa de concentrar seu foco estratégico em soluções de alimentos, produtos premium e também a viabilização do setor de hidrogênio.

Leia também

Projeto de mineração de fosfato impactado pela pandemia

ETM – Galvani (Yara) – Serra do Salitre, MG

De acordo com a Yara, Salitre ainda é um projeto chamativo para investidores, mas o andamento do projeto de fosfato foi impactado pelo agravamento da Covid-19, e o tempo de construção e despesas de capital, que ainda são grandes, precisam ser finalizados.

O desinvestimento do projeto de fosfato, em Minas Gerais, apoia a mudança da empresa, realocando o apetite de capital e risco nos próximos anos para as áreas de foco estratégico da empresa.

De acordo com o CEO e presidente da Yara, Svein Tore Holsether, a venda do projeto da mineração de fosfato em Minas Gerais, permite à empresa aprimorar ainda mais o seu foco estratégico, com base em suas fortes vantagens competitivas. A Yara Brasil continuará exercendo um papel essencial na agenda de crescimento e a transação permite que o crescimento seja levado com um foco downstream mais nítido.

Projeto de fosfato tem capacidade de produzir 1,2 milhão de toneladas por ano

A Yara iniciou o projeto Salitre em 2014, no estado de Minas Gerais, e seus ativos compreendem operações de mineração de fosfato, incluindo barragem de rejeitos, que estimam uma capacidade de produção de 1,2 milhão de toneladas de rocha por ano e um projeto que está em andamento para a construção de operações de processamento de fosfato com uma capacidade de produção estimada em 1 milhão de toneladas por ano em sua conclusão. O gasto de capital que será necessário para atingir a finalização do projeto de fosfato, em Minas Gerais, é quase do mesmo tamanho do valor do acordo.

A transação tem data prevista para ser concluída em cerca de seis meses e está condicionada à obtenção de condições habituais de fechamento e à obtenção das aprovações regulatórias locais necessárias. Vale ressaltar que a Eurochem já está presente no mercado brasileiro de fertilizantes, por meio da Fertilizantes Tocantins, onde assumiu o controle no ano passado.

Conheça a Yara Brasil

Com a missão de alimentar o mundo e proteger o planeta de forma responsável, a Yara é uma empresa verdadeiramente internacional, com operações de produção, serviços e vendas, pesquisa e suporte na América, Europa, África e Ásia, presente em cerca de 60 países.

A empresa busca ter um maior e melhor desempenho que o esperado, tomar a iniciativa, trabalhar de forma constate e alinhada em suas ambições. A Yara foi fundada em 1905 e de lá para cá já passou por diversos momentos históricos na mineração e atualmente conta com mais de 17.000 colaboradores que contribuem com a redução da pobreza, alimentam 262 milhões de pessoas e também ajudam na redução do impacto ambiental.  

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe