MENU
Menu
Início Valaris celebra contrato de US$ 519 milhões com a Petrobras para navio-sonda DS-4

Valaris celebra contrato de US$ 519 milhões com a Petrobras para navio-sonda DS-4

4 de janeiro de 2024 às 20:24
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
A Valaris assegurou um contrato de US$ 519 milhões com a Petrobras para operar o navio-sonda Valaris DS-4 em Búzios.
Foto: Valaris

A Valaris assegurou um contrato de US$ 519 milhões com a Petrobras para operar o navio-sonda Valaris DS-4 em Búzios. Com duração de 1.064 dias, o acordo inicia no quarto trimestre de 2024. O contrato fortalece a parceria para futuros projetos offshore no Brasil.

A Valaris anunciou na terça-feira, (02/01), um contrato significativo com a Petrobras, consolidando uma parceria estratégica para operar o navio-sonda Valaris DS-4. Este contrato, avaliado em US$ 519 milhões no exterior do Brasil, engloba não apenas uma taxa de mobilização, assim como, serviços adicionais cruciais para um projeto no campo de Búzios. A transação marca um passo fundamental no fortalecimento das relações entre as duas gigantes do setor energético.

Projeto no campo de Búzios impulsiona contrato de 1.064 dias para a plataforma DS-4 com a Petrobras

O acordo, com duração de 1.064 dias, tem previsão de início no quarto trimestre de 2024, logo após a conclusão do atual contrato vigente da plataforma com a Petrobras, programado para encerrar em setembro do mesmo ano.

Artigos recomendados

A Valaris destaca que, após o término do contrato em andamento, a plataforma Valaris DS-4 passará por um período de aproximadamente 90 dias fora de operação.

Essa pausa visa realizar atualizações de capital essenciais para atender às demandas dos clientes e otimizar ainda mais a eficiência da plataforma.

Petrobras e Valaris projetam colaboração de longo prazo em projetos offshore no Brasil

O presidente e CEO da Valaris, Anton Dibowitz, expressou seu contentamento com a garantia do contrato, ressaltando a importância do projeto no campo de Búzios para a empresa.

“Estamos satisfeitos que a Petrobras tenha garantido mais trabalho para a plataforma de perfuração DS-4 para seu próximo projeto em Búzios, e esperamos continuar a parceria com a Petrobras em seus projetos offshore no Brasil por muitos anos”, afirmou Dibowitz em um comunicado à imprensa.

Dibowitz também destacou a estratégia da Valaris de impulsionar os lucros e o fluxo de caixa por meio da recontratação de plataformas a taxas de mercado mais elevadas.

O contrato para o Valaris DS-4 é um exemplo notável dessa abordagem, movendo a plataforma de uma taxa diária inicial de US$ 200.000 para uma taxa diária efetiva de US$ 400.000.

Isso demonstra a eficácia da alavancagem operacional inerente ao negócio da Valaris.

Fonte: Valaris

Fonte: FVO Site

0 0 Votos
Avalie o Artigo

Inscreva-se
Notificar de
guest
Seus comentários são moderados antes de serem aprovados ou não! Portanto, estão proibidos os seguintes termos: palavras de baixo calão, ofensas de qualquer natureza e proselitismo político. A infração destas regras ocasionará na impossibilidade de comentar e até mesmo exclusão de seu cadastro. Seus comentários, perfil e atividades são vistos por MILHÕES DE PESSOAS, então aproveite esta janela de oportunidades e faça seu cadastro aqui ou faça login com suas redes sociais.
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x