Transpetro batizou o último dos cinco aframax no Estaleiro Atlântico Sul

Traspetro navio aframax esteleiro AES PERNAMBUCO EAS ATLÂNICO SUL

A Transpetro batizou nesta quinta-feira (27/06), no Estaleiro Atlântico Sul (EAS), em Pernambuco, o último dos cinco aframax encomendados pela companhia. Com 249 metros de comprimento, 43 metros de boca (largura) e capacidade de 114 mil toneladas de porte bruto (TPB), o navio Portinari foi construído para transporte de petróleo e segue para Salvador (BA) para seu primeiro abastecimento.

O nome da embarcação homenageia o famoso pintor Candido Portinari, um dos principais artistas brasileiros do século XX, autor de obras como “A Primeira Missa no Brasil”, “São Francisco de Assis” e “Guerra e Paz”. A primeira parada do novo navio será em Salvador (BA) para abastecer. Os outros quatro aframax (Castro Alves, Carlos Drummond de Andrade, Olavo Bilac e Garrincha) já estão em operação.

Ficha técnica do navio Portinari
Tipo: aframax
Capacidade de transporte: 114 mil toneladas de porte bruto (TPB) que equivalem a aproximadamente 800 mil barris de petróleo
Comprimento total: 249 metros
Largura: 43 metros (boca)
Altura: 50 metros
Calado: 15 metros
Pontal (distância entre o fundo e o convés): 21 metros
Velocidade: 14.5 nós
Alcance (“autonomia”): 16 mil milhas
Total de tanques: 12 tanques

“São centenas de empregos gerados direta e indiretamente. Acreditar no Brasil é o primeiro passo para a construção de uma Marinha Mercante forte e pujante.” Enaltece o Grupo Portal Marítimo a respeito deste marco.

Fonte: Portal Marítimo

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Click Petróleo e Gás.

Paulo Nogueira

Sobre Paulo Nogueira

Formado em Eletrotécnica e entusiasta do setor de tecnologia, com experiência no setor O&G em empresas nacionais e internacionais.