Primeira torre de energia eólica offshore no Ceará será construída próxima ao Complexo do Pecém

Roberta Souza
por
-
22-07-2021 17:32:05
em Energia Renovável
Energia eólica – offshore – Ceará Turbinas de energia eólica offshore/ Fonte: Jornal da USP


A torre de energia eólica offshore terá 15MW de potência e será construída próximo ao Porto do Pecém, no estado do Ceará

Na última sexta-feira (16), foi discutido entre o secretário do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), Maia Júnior, e representantes das empresas Mingyang, Saipem e BI Participações e Investimentos, sobre a instalação da primeira turbina para geração de energia eólica offshore (dentro do mar) no Ceará. O projeto já está em fase de licenciamento ambiental e outras autorizações bem avançadas para a implantação. Leia ainda: Petrobras fecha contrato com empresa italiana para fornecimento de 350 km de cabos que serão utilizados em projetos offshore

Detalhes sobre o projeto offshore no Ceará

A torre piloto terá 15MW de potência e será construída próximo ao Porto do Pecém. Para o secretário da Sedet, esse acordo representa um passo importante para o desenvolvimento do Ceará. “Atualmente temos vários projetos de energia eólica offshore atraídos em processo de licenciamento no Ibama que somam mais de 6 GW. Esses projetos serão os grandes produtores de energia que será utilizada na produção do Hidrogênio Verde”, ressaltou Maia Junior.

O cronograma se inicia agora com as tratativas de obtenção das licenças, que podem levar até 12 meses. Após as licenças concedidas, serão necessários mais 6 meses para implantação e início de operação da turbina.  Dependendo das condições de obtenção das licenças, venda da energia gerada e outros resultados favoráveis, além do projeto piloto poderá ser instaladas outras duas turbinas de potência variada para testar diferentes modelos de aerogeradores de energia eólica offshore.

A secretária executiva da Indústria do Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedet), Roseane Medeiros, ressaltou a importância dessa iniciativa. “Certamente essa torre piloto ajudará nas instalações dos próximos parques de energia eólica offshore que em breve estarão em funcionamento ao longo do nosso litoral. Servirá de experiência para estudos e aprendizado”.

Veja ainda: Samsung se aventura no mercado de geração de energia eólica offshore e lança um novo modelo de flutuador com torres eólicas em alto mar

A Samsung Heavy Industries (SHI) está se aventurando no mercado de energia eólica offshore e desenvolvendo um novo modelo de um flutuador eólico offshore. Nesta segunda-feira (19), a empresa anunciou que recebeu a Aprovação em Principio (AiP) para o seu modelo de flutuador com torres eólicas de escala de 9,5.

A Samsung começou a desenvolver o modelo flutuador com torres eólicas offshore em outubro do ano passado, antes de concluir o teste do modelo de tanque de água flutuante no Instituto de Pesquisa de Navios e Engenharia Oceânica da Coreia (Kriso) em março, ao lado de sociedades de classificação, agências governamentais e outros parceiros.

De acordo com o chefe do departamento de tecnologia da Samsung Heavy Industries, Ho-Hyun Jung, o movimento global para combater as alterações climáticas vem crescendo de forma exponencial e assim há uma grande demanda por tecnologias de energia renovável, como a energia eólica offshore.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos