Petrobras deve anunciar alta no preço do gás natural em menos de 1 mês

Roberta Souza
por
-
06-04-2021 12:30:27
em Economia, Negócios e Política
Petrobras, gás natural, preço Gás natural da Petrobras/ Fonte: Orla Notícias

Os novos preços do gás natural repassados pela Petrobras começarão a valer a partir do dia 1º de maio. A cada três meses os contratos terão reajustes 

A Petrobras informou na última segunda-feira (5) que aumentará o preço de venda do gás natural às distribuidoras a partir de 1º de maio. Na comparação com o trimestre anterior, o crescimento foi de 39%. Já calculado em US$/MMBtu, o crescimento será de 32%. A Petrobras afirmou em relatório que essa mudança se deve à aplicação da fórmula do contrato de fornecimento, que vincula o preço ao preço do petróleo e ao câmbio. 

Aumento do preço do gás natural da Petrobras 

Ao contrário dos preços de outros combustíveis, como gasolina, diesel e gás liquefeito de petróleo, o preço do gás natural é atualizado a cada três meses. De acordo com a estatal, o petróleo aumentou 38% de janeiro a março, que são os meses de referência para os atuais reajustes.  

A Petrobras informou que o preço final do gás natural fornecido ao consumidor depende não só do preço de venda da empresa, mas também do lucro das distribuidoras e dos postos revendedores do GNV, pelos tributos federais e estaduais. 

Repasse dos preços do gás natural 

O repasse dos preços do gás natural para os consumidores depende da legislação de cada estado. Em alguns casos, o contrato prevê ajustes automáticos. Em outros, os ajustes são feitos em revisões tarifárias aprovadas por agências reguladoras locais.  

De qualquer forma, espera-se que o gás natural tenha um impacto significativo sobre a taxa de inflação em maio. Até agora, a Petrobras ajustou sua gasolina em 46,2% neste ano, o diesel em 41,6%, o botijão de gás em 17%. 

A Abegás – Associação Brasileira das Empresas Distribuidoras de Gás Canalizado, divulgou nota ontem, informando que o aumento será repassado aos consumidores sem “nenhum benefício com o aumento”. 

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos