MENU
Menu
Início Passo a passo para instalar energia solar on-grid em casa com preços, itens, instalação e mais

Passo a passo para instalar energia solar on-grid em casa com preços, itens, instalação e mais

16 de abril de 2024 às 17:08
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Passo a passo para instalar energia solar on-grid em casa com preços, itens, instalação e mais
Foto: Divulgação/MJ

Guia detalhado passo a passo sobre a instalação de sistemas de energia solar on-grid em residências, incluindo análises de custo e benefícios, com potencial de economia de até 95% na conta de luz.

Na busca por alternativas mais sustentáveis e econômicas, muitos brasileiros têm voltado os olhos para a energia solar. Instalar um sistema solar on-grid em casa não só contribui para a redução da emissão de gases poluentes, mas também gera uma significativa economia na conta de luz. Criamos esse guia prático com Bruno Lowczy, um especialista com 10 anos de experiência no setor de energias renováveis, que desvenda os passos essenciais para a instalação de painéis solares em sua residência, considerando o processo desde a escolha dos equipamentos até a conexão com a rede elétrica local. É importante deixarmos claro que esse guia é uma visão geral do projeto.

A implementação de um sistema fotovoltaico on-grid começa com a avaliação do consumo energético da residência e a determinação da capacidade necessária dos painéis. Especialistas recomendam a consulta com profissionais qualificados para realizar um estudo de sombreamento e definir a melhor orientação e inclinação dos painéis. O retorno sobre o investimento é garantido, com a redução de até 95% na tarifa de energia elétrica.

Artigos recomendados

Quais são os primeiros passos para alguém que está considerando instalar um sistema de energia solar on-grid em casa?

Antes de instalar energia solar on-grid em casa, é bom fazer um estudo para entender quanto de energia você realmente precisa e onde está gastando demais. Isso ajuda a não desperdiçar energia antes mesmo de instalar o sistema. A tabela abaixo é apenas uma estimativa, para um caso específico é importante calcular seu consumo diário de energia.

ItemPreço médio (R$ por unidade)QuantidadeCusto total (R$)
Módulo fotovoltaico (500Wp)R$ 1.500,0010R$ 15.000,00
Inversor (5 kW)R$ 2.500,001R$ 2.500,00
Estrutura de montagemR$ 1.000,001R$ 1.000,00
Cabos e conectoresR$ 500,001R$ 500,00
Caixa de junçãoR$ 200,001R$ 200,00
Caixa de proteção ACR$ 500,001R$ 500,00

Existem dois tipos de caixas de proteção (caixa de junção) para sistemas de energia solar: a proteção CC e a proteção AC. A proteção CC é instalada na entrada do inversor, para proteger o equipamento de qualquer irregularidade vinda dos painéis solares, enquanto a proteção AC é colocada na saída do inversor, para salvaguardar a rede elétrica interna da casa e garantir a segurança no uso da energia produzida.

A caixa de junção contém os disjuntores CC, essenciais para a segurança da entrada do inversor, enquanto a caixa de proteção AC inclui um disjuntor AC para a saída do inversor, além dos Dispositivos de Proteção contra Surtos (DPS), garantindo a segurança e eficiência na distribuição da energia solar convertida para a rede elétrica da casa.

Como é realizada a avaliação da capacidade do telhado para suportar os painéis solares e qual a importância dessa etapa? 

Para colocar painéis solares, é necessário que um técnico ou engenheiro verifique se o telhado aguenta o peso deles. Isso é importante para garantir que o telhado não vá quebrar ou ceder com a instalação. Avaliar a capacidade do telhado é essencial não só para a segurança da estrutura existente, mas também para evitar custos adicionais com reforços estruturais futuros.

Essa análise pode revelar a necessidade de ajustes na inclinação ou orientação dos painéis para maximizar a captação solar. Com um suporte adequado e uma instalação bem planejada, os painéis solares podem oferecer o máximo de eficiência energética e uma vida útil prolongada, contribuindo significativamente para a sustentabilidade e a economia no consumo de energia da residência.

Quais licenças são necessárias antes de iniciar a instalação de um sistema on-grid?

Antes de começar a instalar um sistema de energia solar on-grid, você precisa pegar uma autorização (chamada ART ou TRT) do conselho de classe do técnico responsável. Esse técnico vai fazer um projeto detalhado do sistema, mostrando quantas placas, inversores e outros equipamentos serão necessários.

Essa autorização é importante porque garante que o projeto dos painéis solares atende a todas as normas técnicas e de segurança. Com esse documento, você tem a certeza de que o sistema será instalado corretamente, funcionará bem e estará seguro. Ter essas aprovações em dia ajuda a evitar problemas legais ou atrasos durante a instalação. É um passo fundamental para garantir que tudo corra de forma suave e sem complicações.

Qual o processo de instalação dos painéis solares e do inversor para um sistema on-grid?

Para instalar um sistema de energia solar on-grid, primeiro você coloca uma estrutura no telhado onde os painéis solares vão ser fixados. Depois, os painéis são conectados a um aparelho chamado inversor de frequência. Este inversor é que liga o sistema à rede elétrica da sua casa. Vale lembrar que: entre os painéis e o inversor há uma caixa de proteção corrente contínua e entre o inversor e a rede uma de proteção para corrente alternada.

Durante a instalação, é importante evitar alguns erros comuns: colocar os painéis no lugar errado, não ajustar o ângulo deles corretamente e instalar em áreas que ficam na sombra. Esses erros podem fazer com que os painéis não funcionem bem e produzam menos energia. Para não ter erros, recomendamos conversar com o Bruno (11 97656-1952)

E depois de instalado?

Depois de instalar os painéis solares, eles são ligados ao disjuntor geral da sua casa. Mas para que você comece a ganhar créditos pela energia que produz e não usa, a empresa de energia elétrica precisa aprovar o projeto. Só depois dessa aprovação é que tudo começa a funcionar como deve.

Este processo de aprovação pela concessionária geralmente envolve uma inspeção do sistema para garantir que tudo foi instalado de acordo com as normas técnicas e que é seguro tanto para o usuário quanto para a rede elétrica pública. Uma vez aprovado, a concessionária configura o medidor de energia para modo bidirecional, que é capaz de medir tanto a energia consumida quanto a energia injetada na rede pela sua casa.

Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x