MENU
Menu
Início Para tirar o reinado da BYD, chinesas Omoda e Jaecoo chegam juntas ao mercado automotivo brasileiro e prometem construir 50 concessionárias

Para tirar o reinado da BYD, chinesas Omoda e Jaecoo chegam juntas ao mercado automotivo brasileiro e prometem construir 50 concessionárias

9 de abril de 2024 às 17:43
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Para tirar o reinado da BYD, chinesas Omoda e Jaecoo chegam juntas ao mercado automotivo brasileiro e prometem construir 50 concessionárias
Foto: Divulgação/Omoda

Omoda e Jaecoo, montadoras chinesas, chegarão ao mercado automotivo brasileiro em breve e já prometeram inaugurar mais de 50 concessionárias para competir diretamente com a BYD.

Pertencentes ao grupo Chery, as montadoras da China Omoda e Jaecoo chegarão em breve ao mercado automotivo brasileiro para competir diretamente com a BYD. As marcas chegam juntas, mas independentes da Caoa Chery, com o objetivo voltado para o nosso mercado mais agressivo, as marcas planejam aumentar o número de concessionárias ainda este ano.

Quantas concessionárias serão abertas pela Omoda e Jaecoo?

Segundo informações da mídia brasileira, a princípio, a dupla desejava 40 concessionárias em 2024, mas repensaram a ideia e focam em 43 ainda no segundo semestre e 50 até o final deste ano.

Artigos recomendados

A mudança na quantidade de concessionárias das empresas no mercado automotivo observa os novos modelos à venda em 2025, além de três a serem lançados ainda este ano. Até então, a Omoda confirmou apenas o seu Omoda 5 no mercado automotivo brasileiro. Trata-se de um SUV médio com três versões, incluindo uma com motor 1.5 turbo híbrido leve e câmbio CVT, custando algo em torno de R$ 160 mil e R$ 230 mil (versão elétrica, com motor entre 204 cavalos e 2224 cv).

Por sua vez, a Jaecoo terá dois modelos para desbancar a BYD, um deles é o Jaecoo J7 com 4,5 m de comprimento e 2,67 m de entre-eixos. O carro contará com uma versão híbrida plug-in, com motor 1.6 Turbo e dois motores elétricos, que podem gerar 197 cavalos e 29,6 kgfm. O outro modelo a chegar ao mercado automotivo brasileiro não foi divulgado.

Omoda e Jaecoo se pronunciam sobre investimento em concessionárias no Brasil

Em um primeiro momento, Omoda e Jaecoo, que visam competir com a gigante chinesa BYD, terão 25 concessionárias, que serão anunciadas em maio. Segundo Felipe Amaral de Souza, head de Vendas da Omoda | Jaecoo, os grupos que serão selecionados estão passando por um processo criterioso de avaliação que conta com vários indicadores, como capacidade de investimento, desempenho em vendas em anos anteriores, nível de satisfação dos clientes em serviços de venda e pós-venda e identificação e presença nos mercados locais. Desta forma, é possível certificar de escolher os melhores parceiros de negócios.

No mercado internacional, a Omoda conta com foco voltado para o público jovem e atualmente oferece veículos na África do Sul, Austrália, Catar, Indonésia, Kuwait, México e Rússia, além da própria China. Visualmente, a identidade da marca é classificada como “cross”.

Por sua vez, a Jaecoo foca em SUVs com estilos mais tradicionais e de linhas retilíneas. Dependendo do mercado, a empresa também é chamada de Jetour. Além da China, a fabricante começou operações recentemente na Rússia. Até o final de 2024, o foco é atingir pelo menos mais 10 mercados.

BYD terá mais concessionárias que a Toyota

A BYD foi a fabricante sensação do mercado automotivo brasileiro em 2023. Com pouco menos de 18 mil carros vendidos, superou marcas brasileiras tradicionais e consolidadas no país como a Kia e ficou na cola da Mitsubishi. A marca também projeta multiplicar por quadro seus pontos de venda no país. Atualmente, a montadora trabalha com cerca de 60 concessionárias espalhadas em 23 estados e no Distrito Federal.

Até o final do ano, a BYD planeja ter até 250 lojas distribuídas em todo o Brasil. Caso a meta seja cumprida, a marca chinesa será dona de uma das maiores redes de concessionárias do país. Para se ter uma noção, a Chevrolet, Fiat e Volkswagen são as líderes, com cerca de 500 concessionárias. Na sequência, a Renault com 300 lojas, enquanto a Toyota, Hyundai e Jeep chegam a pouco mais de 200 lojas.

Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x