MENU
Menu
Início OSHKOSH M1070 – O caminhão mais poderoso dos EUA conhecido como ‘cavalo mecânico de guerra americano’ 

OSHKOSH M1070 – O caminhão mais poderoso dos EUA conhecido como ‘cavalo mecânico de guerra americano’ 

15 de maio de 2024 às 10:15
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
OSHKOSH M1070 - O caminhão mais poderoso dos EUA conhecido como ‘cavalo mecânico de guerra americano’ 
Foto: OSHKOSH M1070 /Dall-e

Conheça o OSHKOSH M1070, o cavalo mecânico de guerra americano capaz de carregar toneladas. Este é, atualmente, o caminhão mais poderoso dos EUA.

O OSHKOSH M1070 é um ‘cavalo mecânico’ americano, considerado o caminhão mais poderoso dos EUA projetado especificamente para uso em batalhas. Ao longo da história rodoviária, os caminhões evoluíram de veículos impressionantes em sua criação para ferramentas sociais essenciais em diversos setores. Com os avanços tecnológicos, os caminhões passaram a ser aplicados em um número crescente de áreas. Um desses setores é o militar, onde os caminhões têm sido amplamente utilizados em guerras desde os confrontos mais antigos.

Confira como surgiu o caminhão mais poderoso dos EUA

Essa cultura, no entanto, não acabou e, ao que tudo indica, não vai acabar tão cedo, uma vez que até os dias de hoje caminhões são parte fundamental para as guerras, mas de qualquer maneira neste artigo vamos falar do OSHKOSH M1070, o caminhão mais poderoso dos EUA, um dos mais brutos disponíveis na atualidade, mas que na verdade é relativamente antigo.

Artigos recomendados

Criado no final da Guerra Fria, o desenvolvimento do OSHKOSH M1070 foi uma resposta direta às necessidades do setor militar em termos de mobilidade, resistência e capacidade de transportar cargas pesadas em terrenos diversos.

O cavalo mecânico de guerra americano teve origem no contexto de avanços na tecnologia militar. Desenvolvido pela OSHKOSH Corporation nos Estados Unidos na década de 1990, o caminhão mais poderoso dos EUA surgiu de um programa do exército americano para criar um sistema de transporte terrestre mais robusto e capaz de lidar com equipamentos e cargas militares pesadas.

O principal objetivo do OSHKOSH M1070 era atuar como um veículo de reboque para transporte militar, especialmente em condições desafiadoras, onde estradas inadequadas e terrenos acidentados são comuns.

Cavalo mecânico’ de guerra americano possui tecnologias de ponta e potência de sobra

Sua capacidade de rebocar cargas excepcionalmente pesadas e operar em variados ambientes, faz do cavalo de guerra mecânico americano uma peça chave em logística e transporte de equipamentos militares. A ideia na época era criar um monstro das estradas que poderia se locomover por terrenos complexos com armamentos muito pesados.

OSHKOSH M1070 - O caminhão mais poderoso dos EUA conhecido como ‘cavalo mecânico de guerra americano’ 
Foto: Reprodução/Wikipédia

O OSHKOSH M1070, que vem com a rara configuração 8×8, se destaca por sua avançada tecnologia de suspensão, que proporciona a estabilidade mesmo com cargas extremamente pesadas. Sua cabine ergonômica e seu sistema de controle hidráulico, aliados a avançados sistemas de navegação e comunicação, o tornam uma peça fundamental para operações militares.

A primeira versão do caminhão mais poderoso dos EUA chegou ao mercado equipada com motor Detroit diesel 8V 92 TA de 12,06 L com funcionamento de dois tempos a diesel, 500 cavalos e 203 kgfm de torque a 1200 RPM. O OSHKOSH M1070 era usado para transportar equipamentos gigantes, até concorrendo com os enormes caminhões da Pacific Trucks. Alguns desses caminhões ainda estão em atividade até hoje.

OSHKOSH M1070 é utilizado além do setor militar

Por volta dos anos 90, quando a produção ia muito bem, entrou em cena o tanque M1 Abrams, superando 60 toneladas e com mais de 10 m de comprimento. Os transportadores antigos mostraram que não aguentavam cargas tão pesadas, o que levou a OSHKOSH a criar o M1070, um caminhão trator que veio para suprir essa demanda.

Um contrato inicial de 144 unidades do cavalo mecânico de guerra americano foi assinado com a produção começando em Julho de 1992. O OSHKOSH M1070 inclusive chegou a receber uma nova versão, a M1070 A1, mas essa vinha com motor caterpillar diesel C18 de seis cilindros 18L, desenvolvendo 700 cavalos vindo com uma transmissão automática de sete velocidades. A versão M1070 F foi feita para o exército britânico, entrando em cena em 2001. 

Já o M1300 é uma versão revisada do  OSHKOSH M1070 A1, projetada para ser usada na Europa pelo exército dos Estados Unidos. O pedido para este caminhão mais poderoso dos EUA veio quando o exército americano na Europa percebeu a necessidade.

Apesar de o M1070 não ser o maior veículo desse tipo no mundo, ainda é muito utilizado pelo exército dos Estados Unidos da América e foi exportado para vários outros países. Além disso, também é muito utilizado fora do meio militar, sendo empregado em atividades civis.

Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x