MENU
Menu
Início Novo SUV coupé da China revoluciona mercado com autonomia de 1000 km por carga

Novo SUV coupé da China revoluciona mercado com autonomia de 1000 km por carga

16 de janeiro de 2024 às 15:01
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Novo SUV coupé da China revoluciona mercado com autonomia de 1000 km por carga
Foto: Divulgação/Nio EC7

O novo SUV Coupé EC7 da Nio, lançado no início de 2023, tem agitado o mercado automobilístico com sua incrível autonomia de 1.000 km com uma única carga. Este modelo chinês, destacando-se no segmento de SUVs médios, promete alta performance e luxo a um custo-benefício atrativo.

Considerado um dos veículos mais modernos e luxuosos do seu segmento, o SUV Coupé EC7 da Nio é uma verdadeira revelação no mundo automotivo. Após focar na eletrificação, a startup da China Nio tem desafiado grandes nomes da indústria, como a BYD, especialmente com sua expansão para o mercado europeu.

O EC7, construído sobre uma nova plataforma modular para veículos elétricos, ostenta o título de um dos carros mais aerodinâmicos do mundo. Com dimensões generosas – 4,96 metros de comprimento, 2,96 metros de entre-eixos, 1,97 metros de largura e 1,71 metros de altura – e um porta-malas de 560 litros, o EC7 combina espaço e estilo. Seu design é marcado por linhas que lembram a Porsche, quatro câmeras frontais, conjunto ótico full LED e rodas de 22 polegadas.

Artigos recomendados

A performance é outro destaque do EC7

Equipado com motor duplo (um dianteiro e outro traseiro), entrega 652 cavalos e 86,6 kgf.m de torque, alcançando de 0 a 100 km/h em 3,8 segundos. Sua velocidade máxima é eletronicamente limitada a 220 km/h.

A autonomia é, sem dúvida, o ponto forte do SUV EC7. Ele oferece três opções de baterias: com 75 kWh, alcança até 490 km; com 100 kWh, até 560 km; e com a impressionante bateria de 150 kWh, o EC7 pode rodar até 950 km com uma única carga. O carregamento rápido permite que o veículo atinja de 10 a 80% da bateria em apenas 40 minutos em estações apropriadas.

Interior e segurança

Internamente, o EC7 surpreende com um acabamento de alta qualidade e uma série de funcionalidades avançadas. Seu amplo espaço interno é um dos benefícios de seu extenso entre-eixos, permitindo acomodar cinco adultos confortavelmente. Entre os equipamentos, destacam-se o teto panorâmico, carregamento de celular por indução, modos de condução selecionáveis, bancos dianteiros com ajustes elétricos, aquecimento, ventilação e massageador.

A segurança é uma prioridade no EC7, equipado com alerta de colisão, piloto automático adaptativo, alerta de tráfego cruzado traseiro, leitor de placas, alerta de pontos cegos e outras tecnologias assistivas avançadas.

Preço e disponibilidade do novo SUV da China

Quanto ao preço, na China, o EC7 custa o equivalente a R$ 350.000 na versão mais simples, chegando a aproximadamente R$ 400.000 nas versões mais completas. Ainda não há confirmação de sua venda oficial no Brasil, mas a crescente presença de marcas chinesas no mercado automotivo brasileiro sugere uma possível introdução futura.

O EC7 se posiciona como uma forte concorrência para modelos de marcas renomadas como Tesla e BYD, oferecendo tecnologia, segurança e desempenho de alto nível. A Nio, com este lançamento, reforça seu potencial de se tornar uma marca de destaque no cenário global de veículos elétricos.

Ainda que não confirmada sua chegada ao Brasil, o crescente interesse por SUVs elétricos e a expansão de montadoras chinesas no país, incluindo iniciativas de produção nacional por marcas como Chery e BYD, aumentam as expectativas para a introdução de modelos como o EC7 no mercado brasileiro. Diante deste cenário, consumidores brasileiros podem em breve ter mais uma opção inovadora de SUV elétrico, combinando luxo, desempenho e sustentabilidade.

Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x