MENU
Menu
Início Nova usina fotovoltaica e fábrica de painéis solares serão instalados na Paraíba. R$ 4,17 bi serão investidos e 5,1 mil empregos devem ser gerados

Nova usina fotovoltaica e fábrica de painéis solares serão instalados na Paraíba. R$ 4,17 bi serão investidos e 5,1 mil empregos devem ser gerados

15 de junho de 2021 às 09:32
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
fábrica – usina - Paraíba
Fábrica de painéis solares/ Fonte: Portal Solar

A usina e a nova fábrica de painéis solares foram anunciadas na última sexta-feira pelo governador da Paraíba, João Azevêdo

Na última sexta-feira, dia 11 de junho, o governador da Paraíba, João Azevêdo, anunciou que o estado vai ganhar uma fábrica de painéis solares e uma usina de energia solar. Os empreendimentos devem movimentar, inicialmente, cerca de R$ 4,17 bilhões, com previsão de que cerca de 5,1 mil empregos diretos e indiretos sejam gerados. Veja ainda: Construção de parque eólico na Paraíba irá gerar 600 empregos e investimentos devem chegar a R$ 1 bilhão

A nova fábrica de painéis solares no estado da Paraíba

O investimento inicial da nova fábrica de painéis solares é de cerca de R$ 70 milhões. De acordo com o representante da empresa, Olavo das Neves, a fábrica da Paraíba será a maior do tipo da América Latina. A expectativa é que sejam produzidos 150 mil painéis solares por ano.

A fábrica de painéis solares já tem 18 mil metros quadrados de área construída e deve começar a receber os equipamentos de produção a partir da próxima semana. ”Serão de 40 a 50 carretas de produtos que chegarão para o parque fabril”, contou.

A operação já deve ser iniciada no mês de outubro, com um turno de trabalho. ”Devemos ter 100 colaboradores por turno”, afirmou Olavo Neves. Segundo ele, a expectativa é de que, brevemente, seja iniciado um segundo turno, e talvez um terceiro. Além disso, estima-se que 3 mil empregos indiretos sejam gerados pela fábrica. Ele disse ainda que está preparando uma parceria com a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) para oferecer estágios aos estudantes do curso de Energias Renováveis da instituição.

Nova usina solar será construída na Paraíba

O governador da Paraíba, João Azevêdo (Cidadania), disse ainda que o estado receberá a “maior e mais moderna fábrica de painéis fotovoltaicos da América do Sul, usados para geração de energia solar”. O anúncio foi feito no Twitter, mas os detalhes foram repassados por ele durante uma transmissão ao vivo no Youtube.

Segundo o governador, a chefia da empresa Balfar Solar “representa um investimento estratégico, que aponta para o futuro e consolida o nosso estado como polo de geração de energias renováveis, promovendo desenvolvimento com sustentabilidade”.

Já a empresa Rio Alto, que já está presente em Coremas, deverá investir R$ 4,1 bilhões para a implantação de uma nova usina de energia solar em Santa Luzia e São Mamede, com capacidade de 1,6GW (a maior em implantação no país), suficiente para abastecer 1,6 milhão de casas populares.

Veja ainda: CSN negocia compra de nova fábrica de cimento do estado da Paraíba

O presidente da CSN, Benjamin Steinbruch, confirmou, nesta quarta-feira, que está negociando a compra da Elizabeth Cimento, pertencente ao fundo Farallon, fábrica de cimento no estado da Paraíba. O negócio pode variar de US$ 200 milhões a 250 milhões, segundo informações do jornal Valor Econômico.

Steinbruch, presidente da CSN, disse que manterá o mercado informado sobre eventuais desdobramentos dessa nova fábrica. A direção da CSN informou, ainda, que ainda não existe um documento vinculante para a aquisição.

Segundo especialistas do mercado, a aquisição da fábrica de cimento é considerada estratégica para a divisão de cimentos da CSN, que tem planos de abrir capital na B3, a bolsa paulista. A empresa já fez o registro da oferta pública de ações (IPO, em inglês) na CVM, órgão do mercado de capitais.

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR