MENU
Menu
Início Empresa facilita contratação de brasileiros que querem trabalhar em Portugal; setor de hotelaria do país conta com mais de 40 mil vagas abertas

Empresa facilita contratação de brasileiros que querem trabalhar em Portugal; setor de hotelaria do país conta com mais de 40 mil vagas abertas

14 de julho de 2023 às 16:46
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Nova parceria facilita contratação de brasileiros que querem trabalhar em Portugal
Foto: Portugal para brasileiros/ Freepik

Uma nova oportunidade para aqueles que desejam trabalhar em Portugal. Nova parceria entre empresas de SP, PE e RJ prometem colocar brasileiros em Portugal.

Uma nova parceria pode auxiliar profissionais brasileiros que estão em busca de oportunidades para trabalhar em Portugal. A Move, legaltech portuguesa que atua com mobilidade profissional, fechou parceria com três consultorias no Brasil de recrutamento e seleção, sendo elas a Somos Hub, em São Paulo, Grow Group, Pernambuco e HUNTINTI, no Rio de Janeiro.

Portugal conta com 45 mil oportunidades de trabalho

Segundo o CEO da Move, Renato Martins, a união tem como objetivo resolver um grande problema em Portugal. Atualmente, em Portugal, devido ao verão, há 45 mil oportunidades de atuação para o setor de turismo, segundo a Associação da Hotelaria de Portugal (AHP).

Artigos recomendados

Martins afirma que apenas Lisboa recebe 5 vezes mais turistas que todo o Brasil. É um fluxo de turismo muito grande e as empresas não têm como contratar. Há restaurantes fechados em Algarve porque não possuem mão de obra. E todo o verão acontece a mesma coisa. A ideia da parceria, que colocará brasileiros em Portugal, é recrutar profissionais e facilitar o trâmite legal. Para que isso aconteça o processo seletivo será dividido em duas etapas.

A primeira etapa começa com as recrutadoras brasileiras analisando os perfis de acordo com as vagas que as empresas portuguesas estão abrindo. O profissional que for aprovado no processo seletivo pela empresa portuguesa, passará para a segunda etapa.

Nesta segunda etapa, a Move cuidará de todos os trâmites jurídicos para facilitar a mobilidade, como autorização de residência e visto. Martins afirma que é um trabalho a quatro mãos. O foco das agendas é colocar brasileiros em Portugal de acordo com a falta de mão de obra no país. Essas recrutadoras têm a missão de entender os mercados locais e como esses profissionais buscam essas oportunidades.

Motivos que atraem brasileiros para trabalhar em Portugal

Há três razões que atraem brasileiros para Portugal, sendo elas a segurança, idioma e qualidade de vida. Segundo o CEO da Move, Portugal sempre figura entre os países mais seguros do mundo. No ranking de 2023 está posicionado em 7º lugar. O executivo comenta que, embora não seja um país onde a pessoa terá mais chances de juntar riqueza, é um lugar que estimula a qualidade de vida e garante direitos como saúde e educação de qualidade.

A Europa em si possui um estilo de vida com balanço entre a vida cultural, trabalho e familiar. As pessoas da geração Z e Y já estão em busca desta nova forma de viver. Há um equilíbrio entre o trabalho e a vida, e em Portugal o sistema de saúde e educação são muito eficientes.

Os maiores desafios para aqueles que querem trabalhar em Portugal, segundo Martins, são as burocracias, como processar vistos e autorização de residência. Diversas vezes a empresa portuguesa precisa de um talento em 15 dias, e a burocracia não possibilita que este talento esteja em Portugal neste tempo. Essa parceria com as recrutadoras brasileiras ajudará neste processo.

Principais vistos para trabalhar em Portugal

Os principais vistos dão oportunidade ao cidadão estrangeiro residir, trabalhar ou estudar, e em Portugal há seis possibilidades, sendo elas:

  • Visto para procura de trabalho (art 57-A);
  • Visto para exercício de atividade profissional independente (art 60);
  • Visto para estudo/estágio/voluntariado, (art 62);
  • Visto para Nômades Digitais, (art 61-B);
  • Visto para profissional altamente qualificado (art 61 e 61-A);
  • Visto para exercício de atividade profissional subordinada (art 59).

A demanda de brasileiros que estão à procura de vistos de residência em Portugal vem expandindo consideravelmente nos últimos anos e, segundo Martins, as políticas para a imigração estão cada dia mais convidativas.

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR