Menu
Início O maior navio de celulose do planeta, o Green Santos com 72 Mil toneladas de matéria prima da Suzano, conclui viagem histórica à China a partir do Porto de Santos

O maior navio de celulose do planeta, o Green Santos com 72 Mil toneladas de matéria prima da Suzano, conclui viagem histórica à China a partir do Porto de Santos

19 de abril de 2024 às 18:39
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
O maior navio de celulose do mundo especializado neste tipo de transporte que chegou a China a partir do Porto de Santos, o Green Santos
Imagem panorâmica do Green Santos, o maior navio de transporte de celulose do mundo.

O ‘Green Santos’ marca um avanço significativo para a Suzano e o setor de exportação de celulose do Brasil.

A Suzano, líder global em bioprodutos derivados de eucalipto, celebra o sucesso da primeira jornada do ‘Green Santos’, o maior navio de celulose do mundo, que chegou à China nesta semana. A embarcação, fruto da parceria entre Suzano e Cosco Shipping Specialized Carriers, partiu do Porto de Santos em 4 de março, transportando 72 mil toneladas de celulose exclusiva da empresa para o mercado asiático e concluiu esta semana a sua primeira viagem exclusiva da companhia para a China.

BE News 19h | Maior navio de celulose do mundo parte do Brasil

Além de aprimorar a logística da Suzano, a capacidade do ‘Green Santos’ representa um passo significativo na redução da pegada de carbono por tonelada transportada.

Artigos recomendados

Entregue à Suzano no final de 2023, o ‘Green Santos’ é apenas o primeiro de uma série de navios de porte semelhante programados para serem entregues neste ano. A iniciativa surge em resposta ao aumento projetado nas exportações de celulose, impulsionado pela nova fábrica da Suzano em construção em Ribas do Rio Pardo, Mato Grosso do Sul. O Porto de Santos é o principal ponto de partida para esta logística.

Conhecida como Projeto Cerrado, a nova unidade, prevista para iniciar operações até junho de 2024, elevará a capacidade total da Suzano para 13,5 milhões de toneladas anuais. A produção será escoada pelo Porto de Santos, onde ocorreu o primeiro embarque do ‘Green Santos’.

Atualmente, a celulose representa 2,8% das exportações de celulose brasileiras, segundo dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, referentes a março de 2024. Desse total, quase 30% têm como destino a China, o principal importador de celulose do Brasil.

O que é a celulose brasileira? 

A celulose brasileira tem desempenhado um papel cada vez mais significativo no panorama das exportações do país. De acordo com dados recentes do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, referentes a março de 2024, a celulose representa aproximadamente 2,8% do total das exportações brasileiras.

A embarcação, fruto da parceria entre Suzano e Cosco Shipping Specialized Carriers, partiu do Porto de Santos transportando 72 mil toneladas de celulose exclusiva da empresa.

Dentre os destinos dessas exportações que são feitos por um navio de celulose, a China emerge como um dos principais importadores da celulose brasileira. Cerca de 30% do total exportado tem como destino o gigante asiático.

Mas por que a celulose brasileira é tão procurada, especialmente pela China? 

Vários fatores contribuem para isso. Primeiramente, o Brasil possui vastas áreas de florestas plantadas, especialmente de eucalipto, que são fontes sustentáveis de matéria-prima para a produção de celulose. Essas florestas, aliadas a avançadas técnicas de cultivo e manejo, garantem um suprimento constante e de alta qualidade para a indústria de celulose.

Além disso, a crescente preocupação com a sustentabilidade e a busca por materiais renováveis tem impulsionado a demanda por celulose, que é amplamente utilizada na fabricação de uma variedade de produtos, incluindo papel, embalagens, produtos químicos e têxteis.

Por fim, a posição geográfica estratégica do Brasil, com fácil acesso aos principais mercados consumidores, como a Ásia, também contribui para a competitividade do país no comércio internacional de celulose.

Diante desse cenário, é evidente que a celulose brasileira desempenha um papel crucial no comércio exterior do país, gerando empregos, divisas e contribuindo para o desenvolvimento econômico e sustentável. 

Com a demanda global por produtos sustentáveis em constante crescimento, o futuro do setor de celulose brasileira parece promissor, com oportunidades para expansão e consolidação de sua posição como um dos principais players do mercado mundial.

Inscreva-se
Notificar de
guest
4 Comentários
Mais antigos
Mais recente Mais votado
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
4
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x