Menu
Início NASA concede prêmio para brasileiros pela criação de IA capaz de identificar vazamentos de óleo no oceano

NASA concede prêmio para brasileiros pela criação de IA capaz de identificar vazamentos de óleo no oceano

3 de abril de 2023 às 11:59
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
NASA premia equipe de brasileiros pela criação de IA capaz de identificar vazamentos de óleo no oceano
Foto: Privat/Divulgação

Pesquisadores do Brasil desenvolvem novo sistema que utiliza imagens de satélite e Inteligência artificial para detectar vazamentos de óleo no mar. Projeto foi reconhecido e premiado pela NASA.

Grupo de brasileiros desenvolve um sistema que promete utilizar imagens de satélite, algoritmos e inteligência artificial (IA) para encontrar a existência de manchas geradas por vazamentos de óleo no oceano. Com inspiração na mitologia grega, o sistema foi nomeado de Poseidon, Deus que protege as águas. Para termos uma noção da inovação, esta foi uma das ideias vencedoras do NASA Space Apps Challenge.

Conheça o projeto dos brasileiros que foi premiado pela NASA

O Nasa Space Apps Challenge é uma competição internacional que visa encontrar ideias incríveis, a partir de dados gerados pela agência espacial americana, para resolver desafios tanto terrestres quanto espaciais.

Artigos recomendados

A premiação aconteceu em março na sede da NASA na capital dos Estados Unidos, Washington. O grupo brasileiro foi formado com o intuito de participar da competição. Dois dos integrantes já se conheciam de uma competição anterior, feita pela gigante da tecnologia IBM. Os restantes foram chamados para o projeto que utiliza Inteligência Artificial para encontrar vazamentos de óleo. Recém-formados em áreas ligadas à informática e tecnologia, todos os integrantes já atuavam na iniciativa privada.

Pelas regras da competição da NASA, todo o projeto dos brasileiros foi desenvolvido em 48 horas, na data estipulada para o certame, em 2019. Os pesquisadores souberam do desafio da NASA e, desde então, tiveram o prazo estabelecido para apresentarem uma solução.

Segundo dados do projeto inscrito no site da NASA, uma interface de programação de aplicação (API), poderia cruzar dados captados por satélites e, com a utilização de algoritmos e IA, encontrar com maior facilidade os pontos de vazamento de óleo em alto mar.

Conforme o descritivo do projeto dos brasileiros, a API poderia ser utilizada por terceiros e governos e essa detecção serviria para que os órgãos competentes possam atuar de forma rápida em resposta, reduzindo o desastre ambiental e o impacto socioeconômico.

Desastres ambientais poderão ser evitados com maior facilidade

Segundo Felipe Ribeiro Tanso, programador, designer e empreendedor, um dos membros da equipe vencedora, explica o funcionamento do mecanismo.

O sistema conta com uma IA que observa imagens capturadas por satélite e retorna a probabilidade de haver manchas de óleo em uma região determinada do oceano, alertando os órgãos responsáveis pela fiscalização e redução desses acidentes. Com isso, o objetivo do projeto é reduzir os impactos ambientais e socioeconômicos que poderiam vir a afetar a vida de milhões de pessoas.

Visto que a proposta foi disponibilizada em forma de API, o sistema premiado pela NASA pode ser absorvido por outros softwares ou aplicativos, sendo facilmente aplicável. Tanso ressalta que isso torna possível que outras ferramentas possam usar sua solução como algo dentro de seus próprios sistemas.

NASA convida cientistas a passarem dois dias em sua sede

Ricardo Ramos, tecnólogo e cientista de dados, outro integrante da equipe, afirma que o método desenvolvido pelos pesquisadores com IA tem como base as chamadas redes neurais. Entretanto houve um aprimoramento. Foram acrescentados atalhos para saltar duas ou três camadas para tornar o processo mais rápido.

Dos 5 envolvidos no grupo criador do projeto, apenas três compareceram à premiação. Segundo Tanso, a agenda incluiu dois dias completos na sede da NASA, com reconhecimento e a possibilidade de possuir o contato mais próximo com os cientistas brilhantes e responsáveis por várias missões ligadas à exploração espacial, como a missão Artemis, que tem como objetivo levar o homem de volta à Lua.

Tanso ressalta que só o fato de estar em Washington e ser recebido na sede da NASA foi uma grande conquista. Foi como um sonho de criança sendo realizado. Assuntos espaciais sempre chamaram sua atenção e chegar até lá teve um apelo muito sentimental para todos.


Você quer receber apenas notícias e vagas de emprego do seu interesse? A solução chegou através do app CPG VAGAS E NOTÍCIAS! Se você é pintor, vai receber no seu celular apenas oportunidades neste cargo. E será assim com pedreiro, técnico, engenheiro e etc..... Não perca nada do que acontece no mercado de trabalho e econômico do Brasil, baixe agora o app CPG VAGAS E NOTÍCIAS, disponível para Android e IOS!

APP CPG VAGAS E NOTÍCIAS

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
BANNER POPUP CPG VAGAS E NOTICIAS 2 Fechar