Início Na Argentina, grande projeto de gás em Vaca Muerta cancelado preocupa por grande evasão de investimentos e empresas do país

Na Argentina, grande projeto de gás em Vaca Muerta cancelado preocupa por grande evasão de investimentos e empresas do país

31 de dezembro de 2020 às 07:31
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Argentina Vaca Muerta Gás covid 19 investimentos
Bloco Bandurria Sur em Vaca Muerta (Foto: YPF)

O covid-19 acabou agravando a crise econômica na Argentina, inseguranças de políticas econômicas e até mesmo sociais, ajudaram a provocar o arquivamento de construção de transporte de gás em Vaca Muerta

O departamento de energia da Argentina decidiu arquivar um projeto de longa data para construir um gasoduto da formação de hidrocarbonetos não convencionais Vaca Muerta ao nordeste do país, conhecido como o sistema central de transporte de gás.

De acordo com um anúncio no diário oficial, o departamento decidiu que o projeto foi concebido em um cenário completamente diferente e não poderia ser adaptado para se adequar às circunstâncias atuais do país.

Uma desaceleração na produção devido à pandemia COVID-19, bem como o estímulo do Plano de Gás 4 para a produção de gás natural, exigiria uma reavaliação das opções de transporte de gás natural para o país para garantir que a produção local e as importações de GNL possam ser transportadas para Os maiores centros populacionais da Argentina, disse o departamento.

Novas alternativas de rota de gás serão estudadas

As autoridades, portanto, decidiram cancelar uma licitação que foi suspensa em março e estava programada para avançar neste mês.

Em vez disso, o departamento disse que irá direcionar sua unidade de hidrocarbonetos para realizar uma avaliação legal e técnica para avaliar novas alternativas de gasoduto, incluindo a expansão da capacidade de transporte existente, para trazer o gás Vaca Muerta para a cidade de Buenos Aires.

O sistema central de transporte de gás, também conhecido como gasoduto Vaca Muerta, foi concebido em um momento antes da queda do preço internacional do petróleo, quando a produção da Argentina aumentava constantemente devido aos recursos de xisto significativos de Vaca Muerta.

Envolveu a construção de dois trechos de gasoduto, o primeiro ligando a cidade de Tratayén, próximo a Vaca Muerta, a Salliqueló, próximo à cidade portuária de Bahía Blanca, com 470 km de extensão e necessitando de US $ 800 milhões em investimentos para uma capacidade inicial de 15 Mm3 / d.

No futuro, Vaca Muerta pode ser interligada ao Sul do País

O segundo trecho de 570 km conectaria Salliqueló com San Nicolás, uma pequena cidade entre Buenos Aires e Rosário às margens do Rio da Prata e precisaria de US $ 1,2 bilhão para uma capacidade inicial de 20Mm3 / d.

Os planos de transporte de gás da Argentina também incluem a construção de um gasoduto ligando Vaca Muerta ao sul do Brasil.

O projeto do gasoduto de US $ 1,2 bilhão e 600 km que alcançaria Uruguaiana e Porto Alegre foi discutido pelas autoridades argentinas e brasileiras, embora nenhum acordo definitivo tenha sido fechado.

Curtiu? Apoie nosso trabalho seguindo nossas redes sociais e tenha acesso a conteúdos exclusivos. Não esqueça de comentar e compartilhar.
Facebook Facebook
Twitter Twitter
LinkedIn LinkedIn
YouTube YouTube
Instagram Instagram
Telegram Telegram
Google News Google News

Relacionados
Mais recentes