Municípios de Sergipe querem criar Complexo Industrial Portuário

Sergipe pode ganhar Complexo Portuário

Assinatura de Protocolo de Intenções entre quatro municípios quer criar ambiente favorável que favoreça a criação de Complexo Portuário em Sergipe

O Governo de Sergipe quer mais, depois da implantação do Terminal de Gás da Golar Power em Barra dos Coqueiros, município de Sergipe, desta vez a intenção do governo é instalar um Complexo Industrial Portuário no estado.
Foi assinado na última quinta-feira, dia 18 de agosto, no Palácio de Despachos, um Protocolo de Intenções com os prefeitos dos municípios de Barra dos Coqueiros, Airton Martins; Santo Amaro das Brotas, Dadau; Laranjeiras Paulo Hagenbegeck; e Maruim, Jefferson Santana.

A ideia dos municípios é estabelecer com o governo do estado de Sergipe facilidades que visem a atração de novos investidores para a criação de um Complexo Industrial.
Segundo o governador do estado, Belivaldo Chagas, “Nós já estamos vivendo um novo momento em Sergipe com a oferta de gás que teremos com as novas descobertas dos poços pela Petrobras e da termelétrica que entrará em funcionamento em janeiro próximo. Os municípios precisam se preparar para viver essa nova realidade”.

A assinatura deste protocolo de entendimentos chega em um bom momento para o Estado de Sergipe, visto que a Petrobras e consórcio formado por grandes petroleiras estão de olho em Oferta de nove blocos exploratórios em águas profundas na Bacia de Sergipana.

Geração de empregos

O governador ressaltou que as prefeituras dos quatro municípios que assinaram o protocolo terão agora que encaminhar às Câmaras Municipais uma nova legislação para garantir que um ambiente favorável de investimentos seja criado.

Belivaldo acrescentou que o governo dará toda a assistência técnica que os municípios necessitarem e declarou que: “Vamos criar um ambiente propício para o desenvolvimento, a chegada de novas indústrias e geração de emprego”.
Segundo o governador, o estado de Sergipe já tem recebido empresários nacionais e internacionais interessados em instalar seus negócios no Porto.

O prefeito de Barra dos Coqueiros, declarou que seu município já larga na frente, pois já tem um plano diretor aprovado e que a criação de empregos é prioridade na região: “Com a chegada dessas indústrias vamos gerar emprego e renda. Estamos preparando o município para receber o gás e, consequentemente, as empresas que trazem emprego e renda”, declarou ele.

O prefeito de Maruim, Jefferson Santana também ressaltou a importância do empreendimento para a geração de empregos da região. “Hoje, o maior problema que enfrentamos é o desemprego dos nossos jovens”, disse ele.

A criação do Complexo Industrial Portuário de Sergipe, pelo governo levou em conta todo o potencial de infraestrutura já existente no estado, suas riquezas minerais e sua localização geográfica privilegiada.
Mas com certeza o fator decisivo para tal iniciativa foram os grandes investimentos previstos pela Petrobras na exploração de petróleo e gás em águas profundas no litoral do estado.

Com o início da produção previsto para 2023, a Petrobras ainda investirá na implantação de 100 Km de gasodutos no mar e mais 28Km em terra e a instalação de uma Unidade de Tratamento de Gás Natural (UPGN) no município de Japaratuba/SE.

Leia também ! Petrobras, ExxonMobil, Enauta e Muprhy disputam offshore Sergipano !

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Click Petróleo e Gás.

Renato Oliveira

Sobre Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)