FSRU do Porto de Sergipe recebe sistema de apoio da NOV

FSRU do Porto de Sergipe recebe sistema de apoio da NOV

fevereiro 16, 2019 Off Por Renato Oliveira

Equipamentos auxiliarão a FSRU em sua fixação e no envio de gás para abastecer o complexo termelétrico do Porto de Sergipe

A plataforma FSRU (Unidade Flutuante de Armazenamento e Regaseificação) Golar Nanook, acaba de receber da NOV (National Oilwell Varco), o sistema giratório submerso APL com mecanismo de ancoragem e carregamento.
O sistema auxiliará a embarcação na fixação do terminal flutuante de regaseificação e garantirá o envio do gás por meio de um riser flexível. A embarcação foi construída no estaleiro Samsung na Coréia do Sul.

A plataforma, que irá abastecer a térmica com gás natural liquefeito (GNL), pertence a Celse (Centrais Elétricas de Sergipe) que é a responsável pelo projeto termelétrico Porto de Sergipe.
Segundo a Celse, a entrega do equipamento está dentro do cronograma da empresa, divulgado no ano passado, que prevê o início dos testes e o comissionamento da FSRU no primeiro semestre deste ano.

O Complexo Termelétrico

O empreendimento, um investimento de cerca de R$ 5 bilhões, é composto pela usina termelétrica Porto de Sergipe, pela linha de transmissão e pelas instalações offshore, que possuem a unidade de armazenamento e regaseificação do GNL (a FSRU).

As obras do complexo termelétrico do Porto de Sergipe devem ser concluídas no fim do ano, com a operação comercial da usina prevista para 2020.

Em relação ao Terminal de GNL, a FSRU terá capacidade de acomodar até 170 mil m³ de GNL, dando a capacidade de regaseificar até 21 milhões de m³/dia, sendo que deste total, 6 milhões de m³/dia serão necessários para a operação da térmica e os outros 15 milhões de m³/dia disponíveis para abastecer outros mercados, quando necessário.

A Techint E&C ganhou o processo de tomada de preços realizada pela empresa Eneva para um contrato EPC Turn Key para a construção da usina termelétrica Parnaíba V, no Maranhão.  Clique aqui e leia a matéria !