Multinacional Total – de petróleo – suspende contratos de sua usina de gás em Moçambique após ataques jihadistas

Valdemar Medeiros
por
-
22-04-2021 15:44:54
em Petróleo, Óleo e Gás
Usina - Multinacional - Petróleo - Total - Jihad - Moçambique Usina de gás da Multinacional Total – Fonte: Total divulgação

A Multinacional francesa Total cancela contratos e suspende operações na construção do projeto da usina de gás em Moçambique, por conta de ataques que ocorreram a 10 km do local do projeto em março

Após um ataque jihadista, a multinacional francesa do petróleo Total anunciou, nesta terça-feira (20), que suspendeu seus contratos com duas empresas relacionadas ao projeto da usina de gás em Moçambique. No começo de abril, a Total suspendeu suas operações em Cabo Delgado, Norte de Moçambique, evacuando todo os seus funcionários dias depois que grupos jihadistas, ligados ao Estado Islâmico, invadiram a Palma, vizinha da cidade, em 24 de março.

Leia outras notícias do ramo

A multinacional já havia evacuado trabalhadores em janeiro, suspendendo as obras do projeto da usina de gás de US$ 20 bilhões após uma série de ataques próximos ao local de exploração.

Segundo declaração feita na terça-feira (20) pela Confederação das Associações Econômicas de Moçambique (CTA), a Total cancelou por tempo indeterminado os contratos com empresas que estavam indiretamente envolvidas no projeto da usina de gás. Entre as empresas, estão uma empresa de obras públicas portuguesa e uma construtora italiana.

Palavras das CTA

Durante encontro com o embaixador francês e um representante da Total, em Maputo, Moçambique, o presidente da CTA, Agostinho Vuma, afirmou que cerca de 410 empresas e 56.000 funcionários foram afetados negativamente com os ataques jihadistas.

As médias e pequenas empresas já perderam US$ 90 milhões desde o ataque na cidade de Palma. Segundo Vuma, ainda está em avaliação, pela CTA, quantos contratos haviam sidos cancelados e se os subcontratados já haviam sido pagos.

De acordo com o presidente da CTA, a multinacional Total havia confirmado que o projeto da usina de gás voltaria a ser operado quando fosse seguro, e que a empresa já teria pago suas faturas, porém, um porta-voz da Total se recusou a comentar. Rico em gás, Cabo Delgado, em Moçambique, tem sido alvo de agressões por uma insurgência jihadista desde 2017.

Sobre os ataques jihadistas na Multinacional Total

Os ataques mataram cerca de 2.600 pessoas e tiraram de sua moradia quase 700.000. Isso causou dúvidas, uma vez que passaram a se questionar se é totalmente viável construir um investimento bilionário e único em Moçambique.

O ataque de Palma, em março, ocorreu em um raio de 10 quilômetros do projeto da usina de gás, mesmo com o governo de Moçambique criando um raio de 25 quilômetros ao redor do local.

Sobre a Total

A Total, como uma das líderes em Petróleo no mundo, é uma multinacional francesa que faz operações com Petróleo e Gás. A Total é uma companhia profissional e especializada em toda a cadeia de petróleo e gás. Ela explora e produz desde petróleo cru e gás natural, até a geração de energia.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.