Metrô de SP autorizou estudos para implantação de energia renovável em suas estações

Valdemar Medeiros
por
-
09-08-2020 13:45:16
em Energia Renovável
Metrô de SP - Energia renovável - energia solar

Pensando em cortar gastos com energia (2º maior custo da empresa), serão avaliadas propostas de geração de energia renovável a linhas e estações. Outrossim, o que sobrar será vendido

O Metrô autorizou que 14 empresas e consórcios desenvolvam estudos inéditos para a implantação de um sistema de geração de energia renovável para alimentação das linhas e estações. Inegavelmente, o objetivo é ter fontes mais sustentáveis, reduzindo o valor pago pelo insumo, que atualmente é o segundo maior gasto da empresa.

ANÚNCIO

Leia também

Inegavelmente, o Metrô de São Paulo quer reduzir os gastos com energia. O segundo maior da empresa, e pretende implantar um sistema de geração de energia limpa e renovável para alimentar linhas e estações. A empresa pretende, ainda, vender o excedente no mercado de energia renovável.

Projeto de energia renovável no Metrô de SP deve contemplar a produção de pelo menos 120 MW (Megawatts) por mês

A Companhia também pode disponibilizar cerca de 200 mil m² de área das coberturas das estações e pátios de manutenção, que poderão receber células fotovoltaicas para geração de energia solar.

Os estudos poderão propor outras áreas na cidade, de propriedade do Metrô de SP, como terrenos remanescentes de obras de expansão da rede, para instalação de células fotovoltaicas, ou até mesmo a implantação de unidades geradoras em outras regiões do país.

Metrô de SP deve escolher a empresa com a proposta de energia renovável mais econômica e com mais benefícios

As empresas, com soluções para a geração e fornecimento desse tipo de energia. Por fim, o Metrô relatou em seu portal oficial que vai escolher a empresa vencedora considerando resultados econômicos, impactos socioambientais e as técnicas de elaboração.

O Metrô de São Paulo é responsável pela operação das Linhas 1-Azul (Jabaquara – Tucuruvi), 2-Verde (Vila Prudente – Vila Madalena), 3-Vermelha (Corinthians-Itaquera – Palmeiras-Barra Funda) e o sistema monotrilho da Linha 15-Prata (Vila Prudente – Jardim Planalto), somando 65,8 km de extensão e 59 estações. Pela rede administrada pelo Metrô, passam 4 milhões de passageiros diariamente.


⇒ Participe dos nossos grupos do Telegram e fique atento a todas as notícias do mercado de energia, empregos, projetos e outros assuntos microeconômicos do Brasil. Nossas informações sempre são direto das fontes e atualizadas. Acesse o Nosso Telegram aqui.

Tags:
Valdemar Medeiros
Formado em Segurança do trabalho, especialista em marketing de conteúdo em conjunto de ações de SEO e Universitário de Publicidade e Propaganda.