Marinha inicia prova de mar do submarino Riachuelo

Submarino da Marinha entra em prova de mar

Marinha dá início a sequência de testes no primeiro submarino da série, provas de mar deverão durar até o primeiro semestre do ano que vem

Depois de ser lançado ao mar em 14 de dezembro do ano passado na base naval de Itaguaí, o submarino “Riachuelo” da Marinha do Brasil, teve ontem (25/09), iniciada a sua prova de mar a partir da base naval de Itaguaí, no Rio de Janeiro.
O submarino Riachuelo (S40) é o primeiro dos quatro submarinos de ataque com propulsão diesel-elétricos S-BR (classe Scorpène modificado) do Programa de Desenvolvimento de Submarinos (Prosub).

Segundo o cronograma da Marinha as provas de mar serão realizadas até o primeiro semestre de 2020, e o comissionamento do submarino está programado para outubro de 2020.
Além dos equipamentos do submarino serem submetidos a testes, a Marinha do Brasil também planeja fazer, durante as provas de mar, o lançamento de um torpedo pesado F21 de 533 mm do Naval Group e de um mock-up de um míssil antinavio MBDA Exocet SM39 Bloco 2 Mod 2,

Além do “Riachuelo”, o programa Prosub prevê a construção de mais 3 submarinos de propulsão convencional, o Humaitá (S41), com lançamento previsto para 2020, o Tonelero (S42) em 2021 e o Angostura (S43) em 2022.
Há ainda um projeto em desenvolvimento para um quinto submarino que será de propulsão nuclear.

O segundo casco

A ICN, Itaguaí Construções Navais, responsável pela construção dos submarinos, já concluiu a transferência das quatro seções do segundo submarino da série que foram construídas na fábrica UFEM, também em Itaguaí.

As seções foram as últimas a serem recebidas na ICN e agora o estaleiro começará a fase de união final das seções visando fechar o casco da embarcação, que será batizada de “Humaitá”.

Veja também ! Cortes no orçamento dos projetos da defesa afetam o exército, a Marinha e a Aeronáutica e provocaram insatisfação no alto comando das Forças Armadas

Renato Oliveira

About Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)