MENU
Menu
Início Mais de US$ 600 milhões foram investidos pela Ford em tecnologia de ponta para produzir a nova geração da picape Ranger em sua fábrica na Argentina

Mais de US$ 600 milhões foram investidos pela Ford em tecnologia de ponta para produzir a nova geração da picape Ranger em sua fábrica na Argentina

24/04/2023 às 21:23
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Ford, picape, fábrica
Foto: Reprodução pinterest

Com o investimento milionário feito pela montadora Ford, a empresa espera entregar aos consumidores a melhor picape Ranger de todos os tempos

A Ford, uma das principais montadoras do mundo, investiu expressivos US$ 660 milhões em sua fábrica localizada em Pacheco, nos arredores de Buenos Aires, na Argentina, buscando produzir a nova geração da Ford Ranger, sua icônica picape média. Com a implementação de melhorias em tecnologia, segurança e maquinário, a empresa promete entregar a melhor Ranger de todos os tempos aos consumidores, de acordo com o site CanalTech.

A fábrica de Pacheco já era considerada moderna, porém, após os investimentos realizados, passou a operar em um patamar ainda mais avançado, preparando-se para receber a nova geração da picape Ford Ranger, que promete ser uma das mais tecnológicas e completas já produzidas.

Artigos recomendados

Indústria 4.0 e Conectividade

De acordo com a Ford, a nova planta de Pacheco está mais conectada e integrada, permitindo que os processos de fabricação da picape Ford Ranger estejam quase que totalmente automatizados, principal recurso da indústria 4.0. Além disso, com os investimentos em tecnologia, as informações sobre cada unidade montada na planta podem ser acessadas em tempo real.

Um exemplo disso é que, se um parafuso for mal colocado ou ocorrer qualquer erro na montagem, todos os funcionários da linha de produção são notificados imediatamente e o próprio sistema realiza a correção. A Ford afirma que o uso de machine learning tem tornado a fabricação da picape cada vez mais inteligente, com mais de mil câmeras e sensores pela fábrica para auxiliar nesse processo.

Apesar da maior automação, a Ford destaca que os empregos na planta foram pedidos e os funcionários foram treinados para se tornarem parte integrante desse processo, de forma segura e completa. Foram mais de 40 mil horas de treinamento investigadas nesse sentido.

Aumento em 70% na produção da picape da Ford

A fábrica de Pacheco será responsável apenas pela produção da nova Ranger, como já ocorre há algum tempo. No entanto, os investimentos e melhorias implementadas permitirão não apenas a fabricação de uma picape mais tecnológica, mas também o aumento da produção em 70%. A capacidade da fábrica será de 110 mil picapes para a América do Sul, sendo alcançada gradualmente após o lançamento da nova geração do veículo.

Para alcançar esse nível de produção, a Ford implementou mudanças nos processos de produção da picape. Como mencionado anteriormente, a fábrica está mais automatizada e conectada, além de oferecer um ambiente mais sustentável e agradável, com maior luminosidade e climatização controlada.

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR