Importações chinesas de soja do Brasil atingiram, em maio, seu nível mais alto em dois anos

Roberta Souza
por
-
29-06-2020 10:38:44
em Logística e Transporte
soja, exportação, importação, brasil soja, exportação, importação, brasil

De acordo com dados alfandegários divulgados na última sexta-feira (26), as importações de soja da China do Brasil atingiram seu nível mais alto em dois anos em maio, e a China mostrou forte demanda pela colheita recorde do Brasil este ano

A China, o maior importador de soja do mundo, adquiriu 8,86 milhões de toneladas de soja brasileira no mês passado, o maior volume desde maio de 2018 e um aumento de 41% em relação aos 6,3 milhões de toneladas no mesmo período do ano passado de acordo com os dados da Administração Geral das Alfândegas.

Veja ainda outras notícias:

As compras de soja da China dos Estados Unidos em maio totalizaram 491.697 toneladas, uma queda de quase 50% em relação a maio de 2019, a menor quantidade mensal desde janeiro do ano passado.

A chuva atrasou as importações de soja do Brasil no final de fevereiro, o que afetou severamente a soja que chegou à China em março e abril. Com a melhora do clima, as remessas de fornecedores sul-americanos aumentaram gradualmente, e agora, podem atingir seu pico na China.

Segundo dados do governo brasileiro, as exportações do Brasil para todos os destinos atingiram um recorde de 16,3 milhões de toneladas de soja em abril, e os dados indicam que outras 15,5 milhões de toneladas serão exportadas em maio.

Agora, enquanto a China tenta cumprir o acordo para aumentar a compra de produtos agrícolas sob o acordo comercial de primeira fase com os Estados Unidos, espera-se que a China se volte para os Estados Unidos. Pequim reiterou seu compromisso durante as negociações desta semana no Havaí.

Tradicionalmente, o período de pico das exportações dos EUA para a China ocorria nos últimos quatro meses do ano e, no ano passado, a China historicamente concluiu mais de 40% de suas compras anuais dos Estados Unidos.

Publicidade




Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos