Hyundai retoma parcialmente a produção do 1º turno na fábrica de Piracicaba, em São Paulo

Roberta Souza
por
-
16-07-2021 17:44:54
em Indústria e Construção Civil
Hyundai – fábrica – São Paulo Fábrica da Hyundai/ Fonte: AutoPapo

A Hyundai retomou ontem, quinta-feira, a produção de somente o primeiro turno da sua fábrica no estado de São Paulo

A Hyundai retomou ontem a produção de veículos na sua fábrica em Piracicaba, no estado de São Paulo. Contudo, a empresa voltou somente com um turno, devido à escassez de semicondutores para fabricação dos modelos HB20, HB20S, HB20X e Creta. A fábrica do interior de São Paulo atravessa um momento ruim, visto que a falta de componentes atrasa muito o processo produtivo na unidade, onde a empresa opera em três turnos de segunda a sexta. Veja ainda: CNH Industrial está com 200 vagas de emprego abertas para Sorocaba, em São Paulo. Mecânico, soldador, eletricista, auxiliar e mais são convocados

Retomada gradativa da fábrica da Hyundai, em São Paulo

Segundo a assessoria de imprensa da montadora sul-coreana, a retomada do segundo e terceiro turno, acontecer no dia 26 de julho. Em nota, a Hyundai explica que a paralisação segue até 25 de julho, mas o trabalho volta no dia seguinte. Eles estão paralisados desde 21 de junho e 31 de maio, respectivamente – a data anunciada anteriormente era esta segunda-feira (12).

As paralisações na fábrica no interior de São Paulo, aconteceram, de acordo com a Hyundai, por “condições instáveis” no fornecimento de componentes eletrônicos. Neste período, os trabalhadores do segundo e terceiro turno continuam em sistema de lay-off, que é uma suspensão temporária do contrato de trabalho.

Motivos da suspensão de produção na fábrica

Toda a fábrica de Piracicaba estava com atividades suspensas, inclusive a produção de veículos. Isso ocorreu devido à falta de semicondutores e o prazo previsto para que as atividades fossem normalizadas até o dia 15 de julho (ontem). Entretanto, os dois turnos que haviam sido suspensos pela Hyundai na fábrica de Piracicaba anteriormente serão restabelecidos no dia 12 de julho.

Sendo assim, a Hyundai perdeu com a paralisação em São Paulo um terço da produção de veículos mensal, o que afetará parcialmente as vendas do HB20 e outros modelos derivados como o SUV Creta, que espera a nova geração.

Confira também: Hyundai anuncia redução na fabricação de veículos a combustão e o foco será em carros elétricos

Seguindo os passos da descarbonização e as concorrentes Volkswagen, Renault, Volvo e a Honda, a multinacional sul-coreana Hyundai anunciou que irá reduzir o número de veículos a combustão, para realizar mais investimentos em carros elétricos, afirmaram duas fontes próximas da montadora sul-coreana. A decisão da multinacional Hyundai vai resultar em corte de 50% nos veículos a combustão, disse uma das fontes, afirmando que a estratégia já foi aprovada pela administração da companhia em março deste ano.

A Hyundai afirmou que está acelerando a adoção de modelos ambientalmente amigáveis, como os movidos a hidrogênio e baterias. A montadora sul-coreana ainda disse que tem objetivo de ter 100% dos carros elétricos até em 2040. O Hyundai Motor Group, detentor das marcas Hyundai, Kia e Genesis, tem pretensões de vender cerca de 1 milhão de carros elétricos por ano, até 2025, para obter 10% de participação no mercado global de eletrificados.

Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos