Início Homem do Ceará cria incrível forno solar que dispensa uso de gás ou energia elétrica para funcionar e cozinha muito bem os alimentos e você pode fazer na sua casa

Homem do Ceará cria incrível forno solar que dispensa uso de gás ou energia elétrica para funcionar e cozinha muito bem os alimentos e você pode fazer na sua casa

22 de junho de 2022 às 18:28
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Ceará forno solar energia elétrica gás economia cozinhar alimentos
Forno solar cozinha todos os tipos de alimento e não deixa a comida queimar | Foto: Instagram MotionMe

Invenção foi feita pelo Pedro e divulgada nas redes sociais da filha Marina

O Brasileiro não cansa de surpreender. A mais recente criação vem de um senhor chamado Pedro, que mora no Ceará, que criou um forno solar, independente de energia elétrica e gás. A ideia surgiu há muitos anos e o homem usa tanto que já construiu dois para usar em casa. O forno simples, mas inovador, consegue cozinhar os alimentos com energia solar sem gastar um centavo com fonte de energia.

O modelo criado é simples e feito de papelão, plástico e papel alumínio, materiais que você provavelmente tem em casa. Ele consegue assar qualquer tipo de alimento sem perder a qualidade. E o melhor de tudo: ele não deixa a comida ficar queimada. Quer saber mais sobre essa grande engenhoca? Então leia a matéria de hoje.

Artigos recomendados

Veja como o forno solar é feito com o vídeo abaixo

Forno solar criado é barato e sustentável, reaproveitando o sol durante o dia | Reprodução — YouTube: MotionMe

Casal de designers tem mais de 50 mil seguidores e apresentou o forno solar de Pedro em suas redes sociais

O casal cearense Marina e Michel, possui um canal no YouTube e contas nas redes sociais com o nome de “MotionMe”. Por meio desses canais, eles divulgam suas experiências de morar em um barco e a vida pessoal. A divulgação mais recente foi a de um forno que funciona com energia solar e promete cozinhar de tudo, desde carnes até arroz e legumes. É uma tecnologia simples e sustentável criada pelo pai de Marina há 8 anos.

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

A estrutura é simples e composta por materiais recicláveis como caixa de papelão, algum material isolante térmico, como plástico bolha ou papel picado e revestimento de alumínio. Todavia, o forno depende diretamente da incidência do sol. Como na região Nordeste a incidência é grande durante o dia, essa engenharia deu muito certo. E ainda ajuda a economizar gás para cozinhar.

O Senhor Pedro destaca que o cozimento pelo sol no forno solar é lento e deixa os alimentos no ponto certo, inclusive pudim

Segundo relata o criador do forno solar, o senhor Pedro, o cozimento segue o mesmo princípio de um fogão normal, alimentado por gás ou energia elétrica, no qual o alimento vai sendo aquecido e a umidade liberada ajuda a deixar a comida no ponto ideal. A filha Marina ainda relata que já fez até pudim e ficou na consistência perfeita usando essa incrível invenção.

Todavia, assim como o forno, é necessário deixar a comida em um tempo considerável cozinhando, por algumas horas. Mas, a designer relata ser só colocar a comida e ir fazer outras coisas. Quando for a hora de almoçar ou jantar o alimento vai estar pronto para consumo. E o melhor: com a garantia de que não vai estar queimado.

Quer saber como fazer? Então confira o passo a passo.

Como o vídeo de Marina e Michel deu o que falar, no seu canal MotionMe, eles fizeram uma postagem explicando o passo a passo para que outras pessoas possam fazer o forno solar com o que tem em casa. Primeiro, separe os materiais que vai precisar:

  • Duas caixas de papelão, sendo uma maior e outra menor;
  • Plástico bolha ou papel picado;
  • Bandeja de ovos vazia ou pequeno pedaço de madeira;
  • Tinta preta para metais;
  • Papel alumínio;
  • Chapa metálica;
  • Plástico transparente ou placa de vidro;
  • Panela de alumínio simples;

Para começar, pegue a caixa maior e preencha com o material isolante da sua escolha (plástico bolha ou papel picado). Então, acomode a caixa menor sobre esse revestimento e cubra toda a parte interna com papel alumínio.

Em seguida, use um espaçador entre a base da caixa menor e a chapa metálica, que pode ser a bandeja de ovos vazia ou um pequeno pedaço de madeira. Pinte a chapa metálica e uma panela de alumínio fina com tinta preta, para absorverem calor. Acomode a chapa sobre o material espaçador e a panela com tampa.

Por fim, cubra a caixa com um plástico transparente ou placa de vidro e prenda bem nas laterais, para vedar o calor e fazer seu forno solar. Você pode criar uma moldura para prender melhor, se achar necessário. Além disso, também é possível fazer um espaço e criar outra camada de plástico transparente acima, o que aumenta a retenção de calor, conforme mostra no vídeo.

Então, é só colocar no sol e deixar por algumas horas e economizar gás e energia elétrica. Você pode preparar uma refeição completa com 2 fornos e ainda ajudar o meio ambiente. Incrível, não é mesmo?

Relacionados
Mais recentes