1. Início
  2. / Energia Renovável
  3. / Histórico! Wärtsilä inaugura a primeira usina de hidrogênio do mundo capaz de gerar eletricidade em larga escala
Tempo de leitura 3 min de leitura Comentários 0 comentários

Histórico! Wärtsilä inaugura a primeira usina de hidrogênio do mundo capaz de gerar eletricidade em larga escala

Escrito por Valdemar Medeiros
Publicado em 21/06/2024 às 09:13
Wärtsilä coloca em funcionamento a primeira usina de hidrogênio do mundo capaz de gerar eletricidade em larga escala
Foto: Divulgação

A empresa tecnológica finlandesa Wärtsilä anunciou nesta semana a criação da primeira usina do mundo capaz de gerar eletricidade usando hidrogênio, com promessas de entregas já em 2026.

O grupo tecnológico Wärtsilä lançou nesta quarta-feira (19) a primeira usina do mundo capaz de gerar eletricidade em grande escala utilizando hidrogênio. Totalmente preparada para operar com hidrogênio, a unidade permitirá sistemas de energia com emissões líquidas zero. Os motores inovadores desenvolvidos pela empresa finlandesa podem operar com gás natural misturado a até 25% de hidrogênio ou ser convertidos para funcionar com 100% de hidrogênio, representando um avanço significativo na busca por soluções energéticas sustentáveis.

Usina de hidrogênio da Wärtsilä pode sincronizar com a rede elétrica em 30 segundos

A companhia espera começar a receber as primeiras encomendas em 2025, com expectativa de entrega em 2026. A primeira usina do mundo capaz de gerar eletricidade usando hidrogênio consegue sincronizar com a rede elétrica em 30 segundos depois do comando de partida.

A expectativa é que as plantas atuem, a princípio, com a geração a gás natural e que sejam convertidas para o hidrogênio renovável depois que houver disponibilidade desse combustível.

Segundo o presidente da Wärtsilä Energys, Anders Lindberg, é necessário ser realista de que o gás natural desempenhará um papel essencial nos sistemas de energia por muitos anos. Os motores flexíveis de combustível podem usar gás natural atualmente para fornecer flexibilidade e equilíbrio, permitindo que a energia renovável prospere. Eles podem, desta forma, ser convertidos para funcionar com hidrogênio quando este estiver prontamente disponível, preparando o caminho para o futuro até o net zero.

Unidade de hidrogênio da Wärtsilä é a mais eficiente do mundo

Com a ampliação da geração de energia variável a partir do sol e do vento, as usinas termelétricas são consideradas importantes para dar estabilidade aos sistemas elétricos, visto que são despacháveis, ou seja, não dependem de condições climáticas para serem acionadas. Com isso, para atingir as metas de descarbonização, será necessário reduzir as emissões também na geração termelétrica.

A plataforma do motor Wärtsilä 31, na qual a primeira usina do mundo capaz de gerar eletricidade usando hidrogênio se baseia, é considerada a mais eficiente do mundo. Ela sincroniza com a rede dentro de 30 segundos a partir do comando de partida, garante a segurança energética através da flexibilidade de combustível e oferece capacidade de acompanhamento de carga e alta eficiência de carga parcial. Completou mais de um milhão de horas de funcionamento, com mais de 1.000 MW de capacidade instalada globalmente.

O conceito da primeira usina do mundo capaz de gerar eletricidade usando hidrogênio da Wärtsilä, baseado na plataforma de motor Wärtsilä 31, foi certificado pela TÜV SÜD. A certificação H2-Readiness da TÜV SÜD consiste em três estágios com três certificados correspondentes. A empresa finlandesa alcançou agora a primeira etapa com um Certificado de Conceito para o projeto conceitual de seu motor. 

Nova unidade é um passo gigante na indústria de energias renováveis

A expansão das energias renováveis por si só não é suficiente para alcançar as metas globais de emissões de carbono. Soluções flexíveis de geração de energia como plantas de geração, são necessárias para equilibrar as flutuações das fontes de energia limpas.

É essencial que essas soluções sejam preparadas para o futuro e estejam prontas para atuar com combustíveis sustentáveis para descarbonizar totalmente o setor energético.

Desta forma, a Wärtsilä está respondendo a essa demanda através de sua primeira usina do mundo capaz de gerar eletricidade usando hidrogênio. A nova central elétrica é um passo importante, além da tecnologia existente, que pode funcionar com gás natural e misturas de 25% em volume de hidrogênio. Lindberg ressalta que não alcançaremos metas climáticas sem descarbonizar totalmente os sistemas de energia.

Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Valdemar Medeiros

Jornalista em formação, especialista na criação de conteúdos com foco em ações de SEO. Escreve sobre Indústria Automotiva, Energias Renováveis e Ciência e Tecnologia

Compartilhar em aplicativos
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x