Menu
Início Grupo Iveco está desenvolvendo motor que funciona com etanol, biometano e hidrogênio verde

Grupo Iveco está desenvolvendo motor que funciona com etanol, biometano e hidrogênio verde

20 de dezembro de 2022 às 20:08
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Grupo Iveco está desenvolvendo motor que funciona com etanol, biometano e hidrogênio verde
Foto: Iveco/Divulgação

O Grupo Iveco está fechando parcerias com diversas empresas e universidades do Brasil para avançar com o desenvolvimento de um motor movido a etanol, biometano e hidrogênio verde.

Ao que tudo indica, os motores movidos a combustíveis fósseis ainda terão uma vida longa, tendo em vista que os engenheiros não param de aperfeiçoar esses tipos de máquinas com mais de um século desde a sua invenção, em 1866. Os motores elétricos são ainda mais antigos, sendo inventados em 1836, e mais eficientes. Entretanto, desde sempre enfrentam a viabilidade econômica quando instalado em veículos, pois dependem de baterias muito caras e pesadas, mesmo que em constante avanço para expandir a eficiência em carregamento mais rápido e maior alcance, e na redução de peso, com promessas de evolução importante na próxima geração já em testes, com uso do lítio e nióbio em estado sólido.

Grupo Iveco fecha parceria com universidades brasileiras

FPT F1C MAX EURO 6 DA IVECO DAILY 2022

Para a mobilidade de longa distância, o motor a combustão ainda terá vida longa. A FPT, do Grupo Iveco,  anunciou o desenvolvimento de um novo motor diesel FC1, que equipa o Iveco Daily, que funciona com diferentes fontes de energia, como etanol, biometano e hidrogênio verde.

Artigos recomendados

Com uma visão multienergia, a marca FPT, do Grupo Iveco, fez parceria no Brasil com várias universidades como a Universidade Estadual Paulista (UNESP), Universidade Federal de Itajubá (UNIFEI), Universidade Federal do Pará (UFPA) e a MAHLE Metal Leve S.A, para o desenvolvimento dos motores da Série F1 para utilizar combustíveis mais limpos com um maior potencial de produção no Brasil.

Nos próximos três anos, um motor FPT F1C Bi-Fuel, cedido pelo Grupo Iveco, será testado pelas instituições utilizando etanol, biometano e hidrogênio verde, separadamente, para operação em modo Dual-Fuel, assim como comparações em aplicações de veículos híbridos, gerando uma sólida inovação.

Instituições buscarão maior eficiência do motor movido a etanol, biometano e hidrogênio verde

O projeto visa atender a realidade do transportador brasileiro, com um motor bi-fuel de alta eficiência que pode ser futuramente utilizado por modelos comerciais leves. A metodologia do projeto do Grupo Iveco consiste no desenvolvimento de modelos matemáticos que serão usados para prever e caracterizar o comportamento da operação do FPT F1C com etanol e biometano, auxiliando na definição de componentes e hardware.

As análises computacionais ajudarão a atingir a melhor homogeneidade da mistura ar-combustível. Atividades de calibração estacionárias também serão feitas buscando maior eficiência de transformação de combustível. Em seguida, o motor do Grupo Iveco será testado no centro tecnológico da MAHLE em Jundiaí (SP).

A iniciativa consolida a proximidade do Grupo Iveco com o mundo acadêmico, que forma os engenheiros do futuro, e reafirma o compromisso da marca em gerar soluções de multienergia, desta vez com o FPT F1C, referência em veículos comerciais leves movidos a diesel no mundo inteiro. No total, a iniciativa envolve 15 integrantes, entre alunos e profissionais das universidades FPT Industrial e MAHLE.

Projeto de uso de etanol, biometano e hidrogênio verde atenderá demanda do transporte nacional

Segundo Alexandre Xavier, diretor de engenharia da FPT Industrial, com etanol, biometano e hidrogênio verde, será possível explorar todo o potencial de matriz energética do Grupo Iveco para zerar as emissões de carbono até 2040.

Para a UNIFEI, que em breve inaugura o centro de produção de Hidrogênio Verde em sua sede em Itajubá (MG), a nova parceria fechada com a FPT representa uma singularidade, como parte da pesquisa e desenvolvimento do Programa Rota 2030.

Segundo o prof. Dr. Christian Coronado, um dos coordenadores do projeto, o motor atenderá uma demanda do transporte brasileiro, considerando o uso do etanol e biometano, representando o equilíbrio ideal sob aspectos econômico, técnico, logístico e ambiental, além de promover o fortalecimento da rede de pesquisa entre as Instituições Científicas e de Inovação Tecnológica (ICTs) e empresas.


Você quer receber apenas notícias e vagas de emprego do seu interesse? A solução chegou através do app CPG VAGAS E NOTÍCIAS! Se você é pintor, vai receber no seu celular apenas oportunidades neste cargo. E será assim com pedreiro, técnico, engenheiro e etc..... Não perca nada do que acontece no mercado de trabalho e econômico do Brasil, baixe agora o app CPG VAGAS E NOTÍCIAS, disponível para Android e IOS!

APP CPG VAGAS E NOTÍCIAS

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
BANNER POPUP CPG VAGAS E NOTICIAS 2 Fechar