1. Início
  2. / Automotivo
  3. / Great Wall divulga investimento de R$ 10 bilhões e dá detalhes sobre o plano de produzir carros elétricos no Brasil, após comprar a fábrica da Mercedes-benz no interior de São Paulo
Localização SP Tempo de leitura 3 min de leitura

Great Wall divulga investimento de R$ 10 bilhões e dá detalhes sobre o plano de produzir carros elétricos no Brasil, após comprar a fábrica da Mercedes-benz no interior de São Paulo

Escrito por Roberta Souza
Publicado em 30/01/2022 às 12:29
carros elétricos - elétricos - Great Wall
Foto: Reprodução Google Imagens

Carros elétricos brasileiros: Great Wall investirá R$ 10 bilhões para ser a primeira fabricante de carros elétricos no país

Na última quinta-feira, 27 de janeiro, a empresa chinesa de automóveis Great Wall Motors anunciou que iniciará suas atividades no Brasil. Com a chegada da nova marca, virá também um investimento de mais de R$ 10 bilhões, além da produção dos próprios carros elétricos. Apesar de já ter divulgado seus planos ambiciosos, a fabricante ainda não anunciou nenhum produto especifico, mas antecipou que terá um portfólio composto por modelos híbridos, híbridos plug-in e elétricos.

Confira ainda:

Em matéria publicada pelo Autoesporte, em agosto do ano passado, a Great Wall adquiriu uma antiga fábrica da Mercedes-Benz em Iracemápolis, no estado de São Paulo. A meta da fabricante automotiva é ter 60% de nacionalização em seus carros, incluindo os elétricos, até o ano de 2025, contando com mais de 2.000 funcionários diretos e 8.000 trabalhadores indiretos. Além disso, a chinesa pretende também, nesse período, conseguir a arrecadação de aproximadamente R$ 30 bilhões no mercado consumidor do Brasil.

Lançamentos no Brasil

A Great Wall pretende trazer, no último trimestre de 2022, o primeiro carro importado da China. O primeiro lançamento brasileiro, que será fabricado em Iracemápolis, tem a previsão de chegar ao mercado a partir do segundo trimestre de 2023.

Serão três submarcas para lançar os carros da Great Wall no país – Haval, que focará em SUVs urbanos; Tank, com especialização em modelos off-road; e Poer, com foco em produzir picapes. Já os carros elétricos serão trazidos com a Ora, logo que toda a infraestrutura nacional estiver estabilizada.

Na China, as picapes da Poer, submarca da Great Wall, lideram o mercado há 24 anos. O H6, que é um dos produtos mais cotados para ser fabricado e vendido no Brasil, foi o sétimo SUV mais comercializado no mundo em 2021.

Na mesma categoria do Jeep Compass e Toyora Corolla Cross, o SUV Haval Jolion era favorito como um dos possíveis lançamentos da Great Wall para o Brasil. Entretanto, a futura fabricante de carros elétricos no Brasil só divulgará os produtos a serem comercializados no país a partir do dia 21 de abril.

A chinesa também declarou que procura parcerias com universidades brasileiras para o desenvolvimento de tecnologias com base nas células de combustível a etanol.

A Great Wall Motors é a maior fabricante privada da China e está presente em mais de 60 países, com 19 fábricas (a maior parte na China) e 8 centros de Pesquisa e Desenvolvimento em países como Estados Unidos, Canadá, Áustria, Alemanha e Coreia do Sul.

Roberta Souza

Engenheira de Petróleo, pós-graduada em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos

Compartilhar em aplicativos