MENU
Menu
Início Gigante chinesa de veículos elétricos investirá R$ 10 bilhões em fábricas no Brasil até 2032

Gigante chinesa de veículos elétricos investirá R$ 10 bilhões em fábricas no Brasil até 2032

1 de setembro de 2023 às 21:44
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
veículo, elétrico, fábrica
Foto: reprodução Exame

A Great Wall Motors (GWM), chinesa montadora de veículos elétricos, está planejando uma empreitada no Brasil e pretende se destacar no país

A Great Wall Motors (GWM), montadora chinesa, está planejando investir um total de R$ 10 bilhões no Brasil até 2032, consolidando sua posição no mercado automobilístico brasileiro e, particularmente, no crescente setor de veículos elétricos. A GWM já está surpreendendo com seu desempenho no país, desbancando até mesmo marcas tradicionais, de acordo com o site Isto é.

A GWM chegou ao Brasil em 2021 com a aquisição da fábrica da Mercedes-Benz em Iracemápolis, São Paulo. Desde então, a empresa já investiu R$ 4 bilhões na fábrica, com planos de aumentar ainda mais seus investimentos nos próximos anos. Ricardo Bastos, diretor de relações institucionais e governamentais da GWM, e também presidente da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), afirma que a GWM tem como objetivo tornar-se uma grande empresa no Brasil e está comprometida em investir no mercado local.

Artigos recomendados

Fábrica de produção de última geração

A fábrica da GWM em São Paulo, inaugurada em janeiro de 2022, está passando por uma modernização significativa. Com uma área total de 1,2 milhão de metros quadrados, a fábrica pretende quintuplicar sua capacidade de produção até 2025, empregando diretamente cerca de 2 mil pessoas, além de 8 mil indiretamente.

A GWM pretende transformar sua operação brasileira no maior polo de exportação para as Américas. A empresa já possui uma linha de montagem no Equador e comercializa seus modelos em vários países da região, incluindo Argentina, Chile, Peru e Uruguai. Além disso, a GWM mantém diversas fábricas na China e uma unidade na Rússia.

Dez produtos em três anos

A montadora chinesa planeja lançar dez produtos no mercado brasileiro nos próximos três anos, com parte deles sendo produzida localmente. Um de seus primeiros modelos, o SUV médio Haval H6, foi lançado no Brasil em versões híbridas plug-in (PHEV) e híbridas convencionais, surpreendendo ao vender mais de 3,1 mil unidades em pouco mais de três meses.

O sucesso do Haval H6 o levou à liderança entre os veículos híbridos no Brasil, superando modelos como o Toyota Corolla Cross e o Toyota Corolla Sedã. A GWM espera alcançar 10 mil vendas do Haval H6 no Brasil este ano, graças a uma estratégia de venda antecipada e divulgação maciça.

Expansão da linha de veículos elétricos

A GWM continua sua expansão no mercado de veículos elétricos com o lançamento do Ora 03, seu primeiro carro importado totalmente elétrico no Brasil. Com preços competitivos entre R$ 150 mil e R$ 184 mil, a GWM está aumentando sua presença no mercado de carros elétricos acessíveis, competindo com marcas concorrentes como BYD, JAC e Renault.

A liderança da GWM no mercado brasileiro é notável, especialmente porque ultrapassou outras montadoras chinesas, como a BYD. A BYD também está buscando estabelecer uma presença de fabricação no Brasil, com um investimento planejado de R$ 3 bilhões para a construção de três fábricas.

Estratégia de diversificação com a fábrica

A GWM planeja produzir picapes e SUVs híbridos no Brasil a partir do segundo semestre de 2024. Sua estratégia de importar produtos adaptados ao mercado brasileiro, bem equipados e com preços competitivos está sendo elogiada por especialistas do setor automotivo.

A empresa está trabalhando para expandir sua rede de concessionárias no Brasil, com planos de chegar a cerca de 130 concessionárias até o final de 2024. Além disso, está buscando desenvolver uma cadeia de fornecimento local para peças e componentes de seus veículos elétricos.

A GWM está comprometida em não apenas oferecer uma variedade de veículos elétricos para o mercado brasileiro, mas também em criar uma conexão com a sociedade e mostrar como a eletromobilidade pode ser benéfica para o país e o meio ambiente. Com a crescente demanda por veículos elétricos no Brasil e o compromisso da GWM em fornecer opções acessíveis e eficientes, a montadora chinesa está desempenhando um papel importante na transformação da mobilidade no país.

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR