MENU
Menu
Início Explorando o Mercado de Carbono: estratégias para um futuro sustentável

Explorando o Mercado de Carbono: estratégias para um futuro sustentável

6 de janeiro de 2024 às 11:36
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Mercado de Carbono
Foto: noticias.portaldaindustria.com.b

O Impacto transformador do mercado de carbono no Brasil

O Brasil, sob a iminente sanção presidencial do Projeto de Lei nº 412/2022, está prestes a vivenciar uma transformação significativa no mercado de carbono. De acordo com Marcelo Sarkis, Superintendente de Riscos do Banco BV, esta mudança legislativa visa estabelecer limites para emissões de dióxido de carbono (CO2) pelas empresas. Aprovado pelo Senado Federal e aguardando sanção presidencial, o PL promete colocar o Brasil na vanguarda da regulamentação ambiental. Não se trata apenas de mitigar as emissões de gases, mas também de descobrir oportunidades econômicas substanciais.

Compreendendo o mercado de carbono e seus objetivos

O mercado de carbono, um mecanismo projetado para compensar as emissões de gases de efeito estufa (GEE), cria um sistema de compra e venda de créditos de carbono. Um crédito equivale a uma tonelada de gás. As empresas que reduzem suas emissões abaixo do limite estabelecido podem vender os créditos excedentes para outras organizações ou governos que precisam cumprir metas de redução de GEE. O primeiro passo para participar desse mercado é calcular a pegada de carbono da empresa, seguido pela implementação de estratégias que resultem em créditos para comercialização.

Artigos recomendados

Estratégias para redução e captação de emissões

Para reduzir ou capturar as emissões de CO2, as empresas podem investir em projetos de energias renováveis, eficiência energética, reflorestamento ou até em tecnologias avançadas de captura de carbono. É fundamental que os projetos geradores de créditos passem por um processo de verificação rigoroso, garantindo a autenticidade e a qualidade dos créditos de carbono.

O mercado financeiro e o comércio de créditos de carbono

A compra e venda de créditos de carbono segue um processo semelhante ao comércio de commodities no mercado financeiro. Como qualquer ativo financeiro, o preço do crédito de carbono é influenciado pela relação entre oferta e demanda. Algumas empresas já estão se antecipando e atuando de forma voluntária, adquirindo créditos para compensar suas emissões.

As transformações do mercado de carbono no Brasil

Com a aprovação do PL pelo Senado Federal, o Brasil caminha para práticas mais sustentáveis, mesmo com a exclusão do agronegócio da regulamentação. A proposta, após acordo com a Frente Parlamentar da Agropecuária, excluiu a produção agropecuária e as emissões indiretas da produção de insumos do setor da regulamentação do SBCE. Para estar em conformidade com a nova legislação, as empresas deverão reduzir suas emissões ou adquirir créditos de carbono. Este novo mercado, repleto de potencial, está emergindo como uma força motriz para um futuro mais sustentável.

Fonte: Marcelo Sarkis é Superintendente de Riscos (Crédito, Mercado, Liquidez, Socioambiental, Integrado e Capital) do Banco BV.

Inscreva-se
Notificar de
guest
Seus comentários são moderados antes de serem aprovados ou não! Portanto, estão proibidos os seguintes termos: palavras de baixo calão, ofensas de qualquer natureza e proselitismo político. A infração destas regras ocasionará na impossibilidade de comentar e até mesmo exclusão de seu cadastro. Seus comentários, perfil e atividades são vistos por MILHÕES DE PESSOAS, então aproveite esta janela de oportunidades e faça seu cadastro aqui ou faça login com suas redes sociais.
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
0 0 Votos
Avalie o Artigo

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x