Início Estudar e trabalhar no Canadá vai deixar de ser um sonho distante: programa oferece bolsas de até R$ 45.000,00 e leva brasileiros para estudar e trabalhar em um dos países mais desejados do mundo

Estudar e trabalhar no Canadá vai deixar de ser um sonho distante: programa oferece bolsas de até R$ 45.000,00 e leva brasileiros para estudar e trabalhar em um dos países mais desejados do mundo

28 de janeiro de 2022 às 09:20
Compartilhe
Siga-nos no Google News
Canadá - emprego - Brasil - montreal - trabalhar no canadá

Programa online e gratuito da SEDA pode tornar o sonho dos brasileiros de estudar e trabalhar no Canadá uma realidade

Entre os dias 01 e 03 de fevereiro, a SEDA irá realizar um evento online e gratuito para apresentar opções de cursos de especialização no país com bolsas de até R$ 45 mil reais para quem deseja e tem o sonho de estudar e trabalhar no Canadá. Não perca a grande chance de estudar, garantir uma vaga de emprego e construir a sua carreira em um dos países mais desejados de morar no mundo.

Leia também

O Canadá é um dos países mais receptivos aos brasileiros. Por isso, a SEDA Intercâmbios, agência que já levou mais de 5 mil estudantes ao exterior, irá realizar a 1ª Feira Online de Ensino Superior YouCANada, nos dias 01, 02 e 03 de fevereiro.

Governo canadense espera atrair mais de um milhão de estrangeiros nos próximos anos para milhares de vagas de emprego nos mais variados segmentos

Além de bolsas que chegam a R$ 45 mil e outras que variam de 15 a 50% do valor do curso, a empresa irá apresentar uma linha de crédito estudantil humanizado, totalmente diferente dos créditos tradicionais para quem quiser viver essa experiência no país.

Trabalhe no Setor Eólico do Brasil

Oportunidades – O governo canadense espera atrair mais de um milhão de estrangeiros nos próximos anos. E engana-se quem pensa que as vagas oferecidas são apenas para subempregos. Existem milhares de vagas abertas nos mais variados segmentos, entre eles, tecnologia, saúde e negócios.

O salário é um dos maiores atrativos. O valor da hora trabalhada gira em torno de 15 dólares canadenses (CAD). O custo de vida varia conforme a cidade, mas em geral, é possível viver muito bem com algo em torno de CAD 2 mil. Dependendo do quanto o aluno trabalhar, é possível até recuperar o valor investido no curso.

UCW – University Canada West, Trebas Institute, Toronto School of Management, LaSalle College, Bow Valley College e muito mais universidades canadenses renomadas mundialmente esperam os brasileiros!

Cursos – Aumente as suas chances de garantir uma vaga de emprego no Canadá, algumas das universidades mais importantes do país esperam os brasileiros. Entre elas, a UCW – University Canada West, de Vancouver, com os cursos de MBAs e bacharelados em diversas áreas. Outra opção é a Trebas Institute, de Montreal, com programas de E-Commerce, Audio e Vídeo, Big Data e Business Intelligence. A CCTB – Canadian College of Tecnology and Business, de Vancouver, oferece Cyber Security, UI/UX, Data Base Analyst e Software Developer. Já a TSOM – Toronto School of Management, com cursos técnicos de marketing digital, turismo e hospitalidade, e a Niagara College, também de Toronto, tem opções de pós-graduação em RH e Business.

Para quem deseja trabalhar e garantir uma vaga de emprego na indústria de games, a melhor opção é estudar na LaSalle College, com campus em Vancouver e Montreal, com o curso Games Design & VFX (efeitos especiais). Uma outra opção de província é Calgary. O tradicional Bow Valley College oferece cursos de Human Resources, Medical Office Assistant, Business Administration, Digital Marketing, entre outros. Na província do Atlântico, Terra Nova e Labrador, a CNA oferece mais de 27 cursos nas áreas de Comprehensive Arts and Science, Business Administration, Computer Systems, Construction e Industrial Electrician.

Programas dão direito ao PGWP (Post-Graduation Work Permit Program – um visto com permissão de trabalho), além de visto de emprego para cônjuge e escola pública gratuita para filhos menores de idade.

Boa parte desses programas dão direito ao PGWP (Post-Graduation Work Permit Program), que é um visto com permissão de trabalho de até três anos após o término do curso. Há ainda os que oferecem visto de emprego para cônjuge e escola pública gratuita para filhos menores de idade.

Financiamento – Quem precisa recorrer a um empréstimo para financiar os estudos, irá encontrar um programa de crédito humanizado no evento. A empresa irá utilizar inteligência artificial que, entre outras questões, irá analisar o perfil do LinkedIn, buscando entender o nível de qualificação profissional. “Foi criada uma espécie de sistema de pontuação. Será analisada também a instituição de ensino, segmento e curso escolhido pelo candidato. Quanto mais empregabilidade o aluno tiver, maiores são as chances de conseguir o crédito”, explica o CEO Helicon Alvares.

Todos os participantes do evento serão elegíveis ao programa de crédito, que pode chegar a até 95% do valor do curso. “O ideal é o aluno solicitar o crédito para acelerar seu projeto e pagar pelo menos o primeiro ano dos seus estudos. Depois, trabalhando no Canadá e ganhando em dólar, é possível arcar com as mensalidades da universidade e as parcelas do financiamento, que podem ser em até 36 vezes. A análise é feita de forma gratuita, simples, rápida e sem compromisso. 

1ª Feira Online de Ensino Superior YouCANada.

Evento – Dias 01, 02 e 03 de fevereiro, das 18h às 20h30

Com objetivo de orientar e preparar bem os futuros alunos, o evento terá painéis com especialistas em empregabilidade, inovação, empreendedorismo, tecnologia e até sobre o mercado de games. “Teremos dicas e informações valiosas de especialistas inseridos no mercado canadense. O contato direto com quem já vive lá é fundamental para ajudar os candidatos na tomada de decisão”, afirma Alvares.

Quem já se imagina morando no Canadá não pode ficar de fora desse evento, é a sua oportunidade de garantir uma bolsa de estudo e uma vaga de emprego no país mais desejados pelos brasileiros. As inscrições devem ser feitas NESTE LINK até o dia 01 de fevereiro.

Relacionados
Mais recentes