Estado de SC se prepara para construção das corvetas da Marinha que criará 2 mil empregos

SC vai construir as corvetas

Memorando de entendimento será assinado hoje em SC, entre a Itajaí Participações, Fiesc e Emgepron para fortalecer a indústria naval catarinense

Apesar dos cortes no orçamento da Defesa terem preocupado a todos, a SC Expo Defense, feira de oportunidades no setor de defesa que abre nesta sexta (27/09) em Florianópolis, será palco da assinatura de um memorando de entendimentos para implantação de um cluster da indústria naval da defesa no Estado.
Um cluster, no ramo industrial, significa uma concentração de empresas que se comunicam por possuírem características semelhantes e coabitarem no mesmo local, colaborando entre si e, assim, tornam-se mais eficientes.

O acordo será assinado pela Itajaí Participações, empresa pública para captação de investimentos em Itajaí, a Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) e a Empresa Gerencial de Projetos Navais da Marinha do Brasil (Emgepron).
A ideia é que haja o fortalecimento da indústria naval de SC frente as demandas que surgirão com a construção das Corvetas da Marinha do Brasil pelo Consórcio Águas Azuis.

O projeto

O investimento a ser feito pela Marinha do Brasil na construção das 4 embarcações será da ordem de US$ 2 bilhões e necessitará de uma forte cadeia de fornecedores no estado de SC.

No pico da produção, estima-se que sejam criados 2 mil empregos diretos e mais 6 mil indiretos, representa uma luz no fim do túnel para a tão combalida construção naval do estado, que se concentra em Itajaí e Navegantes e que já chegou a empregar 10 mil pessoas.

Este novo segmento de construção naval de defesa pode significar a recuperação do setor, já que as obras do Consórcio liderado pela ThyssenKrupp ocorrerão no estaleiro Oceana, de Itajaí.
O Consórcio Águas azuis é formado pela alemã ThyssenKrupp, a Embraer Defesa e Segurança e terá como Estaleiro construtor o Oceana da CBO, de Itajaí, SC.

Leia também ! Marinha inicia prova de mar do submarino Riachuelo !

Renato Oliveira

About Renato Oliveira

Engenheiro de Produção com pós-graduação em Fabricação e montagem de tubulações com 30 anos de experiência em inspeção/fabricacão/montagem de tubulações/testes/Planejamento e PCP e comissionamento na construção naval/offshore (conversão de cascos FPSO's e módulos de topsides) nos maiores estaleiros nacionais e 2 anos em estaleiro japonês (Kawasaki)