Empresas offshore em Macaé agora estão liberadas para se instalarem no Barreto pelo Presidente da Câmara

Empresas offshore em Macaé agora estão liberadas para se instalarem no Barreto pelo Presidente da Câmara

Atualização dia 19/05/2017 as 18:00

O presidente da Câmara voltou atrás na deliberação dos dispositivos constitucionais que aprovam as leis de zoneamento e urbanismo na em Macaé para instalação das empresas na região do Porto do Barreto. Isso deve a solicitação do governo convocar uma audiência pública antes da promulgação do projeto. O presidente da Câmara deu estendeu o prazo para mais 15 dias a partir de hoje(19) para a promulgação. 

Matéria original

O Presidente da Câmara de Macaé sancionou ontem(17) lei que permite as empresas offshore se instalarem na área do porto em definitivo.

O mundo offshore em Macaé acaba de receber uma grande notícia hoje. O Presidente da Câmara dos Vereadores da cidade, Eduardo Cardoso  do Partido Popular Socialista(PPS), conseguiu alterar as diretrizes do sistema de Urbanismo do município, amplificando os setores industriais 3 e 4, viabilizando a implementação da infraestrutura da companhias offshore ao redor do Tempor( Terminal Portuário de Macaé). Na abertura desse pronunciamento, ele disse que não desejar obstruir a evolução e a economia da cidade.

Com essa atitude, Cardoso extinguiu a partir de hoje qualquer desentendimento que vem desde dezembro de 2016, no momento em que o atual prefeito de Macaé, Dr. Aluízio assinou o projeto e o plenário aprovou em sua totalidade.
Mesmo sendo muito reservado na deliberação dessa lei, Eduardo Cardoso segundo seu discernimento, disse que é muito importante que esse projeto saia logo do papel e o que for de sua responsabilidade, ele o fará de acordo com a lei.

Os vereadores que apoiam o movimento ” Macaé Porto Já” ficaram surpreendidos com esse anúncio logo no começo da sessão de ontem. Com os ânimos exaltados que posteriormente foram ficando mais brandos na sessão, o vereadores apoiadores do projeto declararam que manterão as cobranças a cerca do empreendimento. Vocês podem acompanhar essa promulgação no Diário Oficial.
Maxwell Vaz , vereador e que está na liderança política da iniciativa ” Macaé Porto Já”, diz que a implementação do Tempor é a garantia da saúde econômica e de empregos na cidade a longo prazo.

O futuro da cidade

É importante agora que os políticos da cidade deixem um pouco suas ideologias partidárias de lado e focem no desenvolvimento da cidade. A final, a população quer ver as empresas voltando a cidade, empregos e desenvolvimento, entraves políticos nessa questão apenas servirão para enfraquecer não apenas uma classe, mas a todas que impõem dificuldades para implementação do porto.

Fonte: https://goo.gl/0nvMd1



Você pode gostar...

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.