MENU
Menu
Início Elon Musk desafia concorrentes com sua nova bateria capaz de redefinir o futuro dos carros elétricos

Elon Musk desafia concorrentes com sua nova bateria capaz de redefinir o futuro dos carros elétricos

31 de janeiro de 2024 às 12:53
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Elon Musk desafia concorrentes com sua nova bateria capaz de redefinir o futuro dos carros elétricos
Foto: Elon Musk/Reprodução

Elon Musk foca em alternativas ao lítio e desenvolve uma bateria inovadora para veículos elétricos. Embora a data de lançamento no mercado ainda não esteja definida, esta tecnologia promete revolucionar a indústria automotiva.

Elon Musk, CEO da Tesla, assegura que a introdução da nova bateria de manganês representa um marco revolucionário na indústria dos veículos elétricos. Esta inovadora tecnologia, que incorpora manganês no cátodo – o eletrodo positivo – das baterias de íon de lítio, promete oferecer uma alternativa mais econômica e ambientalmente amigável. Além de elevar a performance, a segurança e a sustentabilidade, a utilização do manganês nas baterias é uma abordagem que Musk vem defendendo há anos, visando otimizar a eficiência energética e a durabilidade dos carros elétricos.

confira as principais vantagens da nova bateria de Elon Musk para carros elétricos

Em Berlim, na inauguração da Tesla GigaFactory, Musk ressaltou o potencial do manganês e mencionou que a Tesla explora diversas matérias-primas, focando atualmente em níquel para carros elétricos de longo alcance e fosfato de ferro para os de menor alcance.

Artigos recomendados

O executivo sugere que o manganês junto com níquel e ferro poderia ser uma solução de nova bateria viável, considerando a necessidade de milhões de toneladas para produção em larga escala. Elon Musk se interessa por baterias de manganês devido a suas vantagens distintas, primeiramente o custo. Esta nova bateria é mais barata, sem a necessidade de cobalto ou níquel caros.

A disponibilidade global de manganês diminui o custo de produção e os riscos da cadeia de suprimentos. Além disso, o desempenho é superior com maior densidade de potência e carregamento rápido. A mistura de manganês com outros metais como níquel ou lítio pode ampliar ainda mais a densidade de energia e o alcance das baterias em termos de segurança.

As baterias de manganês se destacam por possuírem menor risco de superaquecimento, incêndio ou explosão. O manganês, menos tóxico e corrosivo que cobalto ou níquel, garante maior segurança e durabilidade no quesito sustentabilidade.

O manganês se sobressai, podendo ser produzido de forma renovável, reduzindo a dependência de fontes não renováveis. É também mais fácil de reciclar diminuindo o impacto ambiental e a geração de resíduos.

Elon Musk destaca alguns dos motivos pelos quais decidiu investir na nova bateria

A nova bateria de manganês promete revolucionar a indústria de carros elétricos, visto que elas possibilitam modelos mais acessíveis, eficientes e ecológicos. Estes veículos são fundamentais na nova economia global de energia e na transformação da fabricação de carros.

No entanto, desafios como custo inicial, elevado alcance, limitado tempo de carregamento e infraestrutura de carregamento, ainda reduzem a adoção em massa dos carros elétricos. As baterias de manganês representam um avanço significativo no campo da mobilidade elétrica, com sua capacidade de reduzir custos e melhorar o desempenho e a conveniência dos carros elétricos.

Elas se posicionam como uma solução vital para os desafios atuais. Além disso, essas baterias têm um papel crucial na aceleração da transição para uma economia de Baixo Carbono e circular, visto que elas ajudam a diminuir a dependência do petróleo e reduzir as emissões de gases de efeito estufa, além de minimizar a geração de resíduos no setor de transporte. Essa tecnologia também abre novas oportunidades para indústrias como a de energia renovável e a de reciclagem de baterias.

Elon Musk não é o único interessado nestas baterias

As baterias de manganês não são uma novidade e tem sido usadas há décadas em várias aplicações como em dispositivos eletrônicos, ferramentas elétricas e bicicletas elétricas. Entretanto, sua adoção em carros elétricos foi limitada devido a desafios como baixa voltagem alta, autodescarga e vida útil reduzida. A boa notícia é que avanços recentes na tecnologia de baterias estão superando esses obstáculos.

Por exemplo, a Tesla, de Elon Musk tem trabalhado em uma nova composição de bateria que inclui 2/3 de níquel e ⅓ de manganês, aumentando potencialmente o volume da célula em 50%.

A Tesla não está sozinha nesta jornada e outras fabricantes de automóveis e baterias também estão explorando a nova bateria de manganês. A Nissan, por exemplo, utiliza um catodo rico em manganês em sua bateria Leaf desde 2010. 

Inscreva-se
Notificar de
guest
Para confirmar a sua inscrição e receber notificações quando alguém responder seu comentário, coloque o e-mail no-reply@clickpetroleoegas.com.br na lista de contato confiáveis, as vezes a mensagem pode cair na caixa de lixo/spam, então verifique nestas pastas também.
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x