MENU
Menu
Início Descubra como produzir energia eólica em casa, preço, manutenção e onde comprar turbinas eólicas 

Descubra como produzir energia eólica em casa, preço, manutenção e onde comprar turbinas eólicas 

15 de abril de 2024 às 22:49
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
energia eólica - turbinas eólicas - turbina eólica - energia eólica em casa
Foto: Diário do Nordeste/Reprodução

A energia eólica residencial está ganhando popularidade no Brasil. Descubra os custos das turbinas eólicas, onde adquiri-las e se vale a pena investir em um sistema eólico para sua casa.

Embora o mercado de mini turbinas eólicas para Geração Distribuída ainda esteja em seus estágios iniciais no Brasil, essa forma de produção de energia não é comum como outras alternativas. A geração de energia eólica em casa funciona de maneira similar aos grandes parques eólicos, porém em uma escala muito menor. Com os altos custos da energia elétrica no país, essa tecnologia tem potencial para atrair mais adeptos, seguindo o exemplo da popularidade crescente da energia solar.

Como funciona a geração de energia eólica em casa?

O coordenador do curso de Engenharia Elétrica da Universidade Federal do Ceará (UFC), Raphael Amaral, afirma que o funcionamento das turbinas eólicas residenciais é bem semelhante aos aerogeradores de grande porte, a diferença é que deve ser adaptado ao perímetro urbano, desta forma, não são tão difundidas quanto a energia solar.

Artigos recomendados

Luiz César Sampaio, engenheiro mecânico, acrescenta que as turbinas eólicas funcionam da mesma forma e possuem os mesmos componentes. Há um sistema de pás que absorve a energia dos ventos, transforma em movimento e aciona um gerador que disponibiliza energia elétrica de diferentes maneiras para a unidade.

Para que o sistema funcione, é necessário que seja utilizada alguma tecnologia capaz de transformar a energia captada de forma a ser usada como elétrica. Vale mencionar que Sampaio também é diretor e fundador da Enersud, empresa que atua com aparelhos de geração distribuída para residências.

Uma dessas formas é pegar energia e passar para um dispositivo chamado inversor, que transformará essa energia. Isso vale tanto para os pequenos sistemas quanto para os grandes. Com essa tecnologia é possível injetar na rede da sua casa e até mesmo exportar para a rua.

Quanto custa a geração de energia eólica residencial e onde encontrar os equipamentos?

Pensando nas pessoas que buscam gerar energia eólica em casa, a Enersud, empresa de Luiz César, comercializa turbinas eólicas. Entre elas está a Notus 138 da Enersud, que entrega potência nominal de 500W em tensão de saída 24V.

Notus 138 da Enersud/Divulgação

Este modelo foi desenvolvido para suprir pequenas necessidades de energia. Suas principais vantagens são a fácil instalação e baixo nível de ruído. Além disso, conta com um sistema moderno de controle de velocidade por meio de controle de passo, que garantem máxima segurança em qualquer tipo de operação. 

Estas turbinas eólicas podem ser instaladas tanto em conexão na rede quanto em sistemas autônomos offg-grid, tornando-a ideal para locais isolados, não atendidos pelas distribuidoras de energia.

Os custos para a instalação de um sistema eólico variam de acordo com a potência desejada, que podem ser de 500W até 6 mil W, com preços que variam de R$ 2,7 mil até R$ 50 mil. Contudo, há outros sites em que produtos semelhantes são disponíveis, como o Aliexpress, onde há uma turbina que custa em torno de R$ 900.

Onde consigo realizar a manutenção da minha turbina eólica?

Realizar a manutenção de uma turbina eólica é crucial para garantir sua eficiência e longevidade. Geralmente, a manutenção pode ser realizada por empresas especializadas em energia eólica que oferecem serviços completos, abrangendo desde inspeções regulares até reparos e substituição de componentes.

Para encontrar um prestador de serviços confiável, você pode começar consultando o fabricante da sua turbina, pois muitos oferecem planos de manutenção pós-venda ou podem recomendar parceiros certificados na sua área. Além disso, associações de energia renovável locais e plataformas online também podem fornecer listas de técnicos qualificados e empresas de manutenção com boas avaliações e credenciais verificadas.

É aconselhável escolher uma empresa que não apenas entenda as especificações técnicas da sua instalação, mas que também tenha experiência comprovada no tipo específico de turbina que você possui. A manutenção preventiva é particularmente importante, pois evita falhas maiores e reduz o risco de paradas inesperadas.

Esses serviços incluem a lubrificação de partes móveis, a verificação de lâminas e conexões elétricas, e a análise geral do desempenho da turbina. Investir em manutenção regular não só protege seu equipamento, mas também assegura que você maximize a produção de energia e o retorno sobre o investimento.

Para quem a geração de energia eólica em casa é ideal?


A geração de energia eólica em casa é ideal para pessoas que residem em áreas com ventos consistentes e que desejam reduzir sua dependência da rede elétrica tradicional, além de diminuir o impacto ambiental de suas atividades diárias.

Esse tipo de sistema é particularmente vantajoso para moradores de áreas rurais ou remotas, onde a instalação de energia elétrica convencional pode ser custosa ou tecnicamente inviável. Também é uma excelente opção para aqueles comprometidos com a sustentabilidade e interessados em tecnologias renováveis.

Ao adotar turbinas eólicas, os proprietários podem não apenas fornecer energia para suas próprias necessidades, mas também, em alguns casos, vender o excedente de volta para a rede, gerando uma fonte de renda adicional. É importante, no entanto, realizar uma avaliação detalhada do local para garantir que haja vento suficiente para a operação eficaz da turbina ao longo do ano.

Segundo Sampaio, as turbinas eólicas são mais úteis nas aplicações offgrid. Contudo, para decidir se é vantajoso, é necessário avaliar as condições ambientais nas quais a residência está instalada, visto que é necessária uma ótima circulação de ventos para que o sistema seja acionado. Desta forma, uma recomendação do engenheiro é complementar o sistema eólico com o solar, de forma que garanta um fornecimento completo de energia elétrica a partir de fontes renováveis.

Luiz César destaca ainda que o sistema solar sofre muito com a falta de luz solar durante a noite. A eólica, por sua vez, amplia o tempo de autonomia da energia. Em locais onde o vento é muito bom, é possível utilizar a geração eólica sozinha, já em locais que há muita nebulosidade, ambas se complementam.

Raphael Amaral também ressalta que o sistema eólico também apresenta algumas desvantagens como, por exemplo, o ruído e o fato de necessitar de uma manutenção mais frequente devido às peças móveis.

Inscreva-se
Notificar de
guest
5 Comentários
Mais antigos
Mais recente Mais votado
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
5
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x