Conta de luz elevada faz com que a busca por fontes de energia alternativas aumente no Brasil, havendo forte acréscimo na produção de energia solar

Roberta Souza
por
-
29-04-2022 21:54:42
em Energia Renovável, Energia Solar
energia solar, conta de luz, energia Foto: Reprodução Pixabay, disponível no Pexels




O consumo de energia solar possibilita grande economia na conta de luz dos brasileiros, que investem em placas solares para geração própria

Oito estados do Brasil sofreram recentemente reajustes na conta de luz aprovados pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), sendo eles: Pernambuco, Bahia, Sergipe, Alagoas, Rio Grande do Norte, Ceará, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Os acréscimos são motivo de aflição para os consumidores, que agora buscam por outras alternativas energéticas, a exemplo da energia solar, a fim de economizar em suas despesas.

No estado de Pernambuco, o valor da conta de luz observou crescimento de 18,97% para consumidores de baixa tensão. Os outros sete estados afetados, por sua vez, também tiveram a conta de luz ampliada em taxas de 18% a 25%.

Artigos recomendados

Dessa forma, a alta das despesas com a conta de luz fez com que muitos brasileiros procurassem por meios de energia alternativos, o que favoreceu a ampliação de outras fontes energéticas.

Presidente da Absolar destaca papel da fonte solar na economia das contas de luz

O presidente da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), Rodrigo Sauaia, afirmou que a fonte solar é, atualmente, cada vez mais buscada pelos consumidores devido ao fato de ser mais econômico produzir a energia através do sol do que comprá-la de outras companhias. Assim, segundo Sauaia, ela possibilita que os consumidores economizem direto de seus próprios bolsos.

A geração de energia solar no Brasil praticamente dobrou entre os anos de 2020 e 2021. Hoje, há 161 usinas solares de grande porte ativas no país e 99 em construção.

Tal setor energético gerou 15 gigawatts de energia em território nacional e pretende elevar a sua produção, a partir do investimento de R$ 50 bilhões e da criação de 300 mil empregos, de acordo com a Absolar.

Ainda conforme Rodrigo Sauaia, o setor de produção de energia solar quebrou recordes mesmo em anos de pandemia no país. De 2020 para 2021, houve crescimento de 8 mil megawatts para 13,5 mil megawatts, o que fez do último ano o melhor da história do Brasil em geração de energia solar. Segundo ele, a meta agora é que o crescimento seja ainda maior em 2022, de modo que esse ano represente um novo recorde e se torne o melhor para energia solar no país.

Placas solares desempenham papel essencial no crescimento da geração de energia no Brasil

Os principais responsáveis pelo aumento da produção de energia solar no Brasil são os sistemas de produção própria, embora as grandes usinas solares possam impressionar pela sua grandiosidade e tecnologia. As placas solares são capazes de gerar energia tanto pela incidência direta dos raios solares no lado de cima, quanto pelo reflexo da luz no lado de baixo.

No total, cerca de 860 mil brasileiros produzem a própria energia, seja nos telhados das casas, em terrenos, na cidade ou no campo. Como exemplo, pode ser mencionado o caso da agricultora Maria Francisca de Lima, que vive em um sítio em São Lourenço da Mata, no Grande Recife. Sua residência passou a usufruir da energia solar após a doação de quatro placas por um grupo de amigos, uma vez que, até dezembro do último ano, Maria não tinha acesso à energia elétrica. Mário Carlini, dono de uma padaria e de uma lanchonete, também decidiu investir em energia solar e hoje está conseguindo reduzir as suas despesas com a conta de luz. Em entrevista ao G1, afirmou que a diminuição em sua conta de luz vai chegar a 60% graças às 28 placas solares instaladas em seu telhado, além de expressar o desejo em ter realizado o investimento há mais tempo.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos