Companhia alemã Neuman & Esser anuncia empreendimento com foco na energia a partir de fonte renovável em Minas Gerais, onde terá fábrica de equipamentos para o hidrogênio verde

Ruth Rodrigues
por
-
30-04-2022 18:20:45
em Energia Renovável
O estado de Minas Gerais agora visa expandir a geração de energia e um protocolo de intenções foi assinado com a empresa Neuman & Esser para a construção de um novo empreendimento de fonte renovável, a fábrica de equipamentos para o hidrogênio verde Foto: Neuman & Esser




O estado de Minas Gerais agora visa expandir a geração de energia e um protocolo de intenções foi assinado com a empresa Neuman & Esser para a construção de um novo empreendimento de fonte renovável, a fábrica de equipamentos para o hidrogênio verde

Recentemente, o Governo do estado de Minas Gerais se reuniu com a companhia energética alemã Neuman & Esser para a assinatura de um protocolo de intenções. Até essa última sexta-feira, (29/04), as informações divulgadas oficialmente era que a empresa irá realizar a construção de uma nova fábrica para a construção de equipamentos de produção de hidrogênio verde, para expandir o foco na geração de energia a partir de uma fonte renovável com o novo empreendimento.

Multinacional chega ao estado de Minas Gerais com novo empreendimento para a fabricação de equipamentos para o hidrogênio verde

Após longos anos sendo referência na produção de energia solar no Brasil, o estado de Minas Gerais agora busca novas alternativas energéticas, com foco na fonte renovável do hidrogênio verde, e será palco do novo empreendimento da Neuman & Esser. Assim, a companhia alemã irá construir uma nova fábrica no estado para a construção de equipamentos voltados para a produção desse recurso, visando a descarbonização do estado e das operações da empresa ao longo dos próximos anos. 

Dessa forma, um protocolo de intenções foi assinado entre a empresa e o governo do estado de Minas Gerais, com um investimento inicial de R$ 45 milhões que serão aplicados para a construção da fábrica de equipamentos voltados para a produção de hidrogênio verde. Uma série de nações pelo mundo já incentivam a criação de projetos de produção e uso de hidrogênio visando à redução da emissão de gases de efeito estufa e a companhia alemã agora busca no Brasil o palco para esse novo empreendimento

A companhia anunciou ainda que a fábrica será responsável pela construção dos geradores de hidrogênio verde através de eletrólise e reformadores de etanol e biometano, além de desenvolver outras tecnologias voltadas para o segmento de produção de energia através de uma fonte renovável como essa. Por fim, a expectativa é que o projeto gere cerca de 75 empregos diretos na fábrica da N&E, além de cerca de 200 indiretos, contribuindo assim para o desenvolvimento socioeconômico do estado de Minas Gerais.

Nova fábrica da Neuman & Esser focada em equipamentos para a geração de hidrogênio verde será essencial para o processo de descarbonização do estado

O hidrogênio verde é a fonte renovável mais procurada atualmente para geração de energia com foco na descarbonização dos processos e é até três vezes maior que os combustíveis tradicionais, além de ser um elemento bastante abundante no nosso planeta. Dessa forma, ele pode substituir a gasolina ou o diesel para alimentar os motores dos veículos e o gás natural na indústria e a companhia alemã viu no estado de Minas Gerais uma ótima forma de expandir os olhares para esse segmento a partir do empreendimento. 

Por sua vez, o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, comentou que “As ações de descarbonização da atual gestão do governador Romeu Zema avançam, criando um ambiente confiável para que o estado possa ser um protagonista nessa nova economia verde”. Dessa forma, o governo do estado de Minas Gerais reforça o seu compromisso com a produção de energia a partir dessa fonte renovável e com a descarbonização do mercado atual. 

O estado foi o primeiro Estado na América do Sul a se comprometer com a campanha global do Race to Zero, com objetivo de alcançar emissões líquidas zero de gases de efeito estufa até 2050, e vê na nova fábrica da Neuman & Esser uma oportunidade para acelerar esse processo.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Ruth Rodrigues
Formada em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), atua como redatora e divulgadora científica.