Menu
Início Como o maior cemitério de pneus do mundo desapareceu do mapa

Como o maior cemitério de pneus do mundo desapareceu do mapa

10 de junho de 2024 às 15:13
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Como o maior cemitério de pneus do mundo desapareceu do mapa
O cemitério de pneus do Kuwait, conhecido por ser o maior do mundo e visível até do espaço, foi finalmente eliminado. Entenda como isso aconteceu. Imagem: Not What You Think/Divulgação

O cemitério de pneus do Kuwait, conhecido por ser o maior do mundo e visível até do espaço, foi finalmente eliminado. Entenda como isso aconteceu.

Imagine despejar mais de 50 milhões de pneus em um só lugar ao longo de 20 anos. Foi isso que aconteceu no Kuwait, criando o maior cemitério de pneus do mundo em Sulaibiya. Esse local era tão imenso que podia ser visto do espaço.

O cemitério de pneus trouxe muitos problemas. Entre 2012 e 2020, três grandes incêndios ocorreram lá, devido às altas temperaturas. Esses incêndios liberaram muitos produtos químicos tóxicos no ar, afetando a saúde dos moradores próximos.

Artigos recomendados

O governo do Kuwait percebeu que abrigar o maior cemitério de pneus do mundo não era uma boa imagem

Especialmente com eventos importantes acontecendo na região, como a Copa do Mundo de 2022 no Qatar. Então, decidiram tomar uma atitude e realocar todos os pneus. Entre 2012 e 2020, o governo do Kuwait estabeleceu várias instalações para reciclar os pneus. Fotos de satélite mostram que, em setembro de 2021, todos os pneus haviam sido movidos de Sulaibiya para essas novas instalações de reciclagem.

Mas o que exatamente eles fizeram com esses 50 milhões de pneus? Usando um processo termoquímico chamado pirólise, os pneus foram aquecidos a 450 graus. A borracha dos pneus foi transformada em gás, que depois foi resfriado e vendido como biocombustível.

O carvão negro resultante foi extraído e armazenado, enquanto os fios de metal foram retirados e reciclados

Além da pirólise, os pneus também podem ser triturados. Os pedaços de borracha são transformados em pisos de borracha para construção ou até mesmo telhados. Estima-se que 1 bilhão de pneus fora de uso sejam gerados todos os anos, e atualmente há 4 bilhões de pneus em aterros e depósitos no mundo.

O maior cemitério de pneus do mundo, que já foi um enorme problema ambiental e de saúde, agora é coisa do passado. Graças aos esforços do governo do Kuwait e às novas tecnologias de reciclagem, milhões de pneus foram transformados em materiais úteis, contribuindo para um mundo mais limpo e sustentável.

Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x