Com plano de investimentos bilionário, Cemig inaugura o primeiro empreendimento, a Usina Fotovoltaica Três Marias, em Minas Gerais

Roberta Souza
por
-
22-12-2021 11:02:50
em Energia Renovável, Energia Solar
energia - energia solar - marco legal Foto: Reprodução Google




Cemig investe capital em usina de energia solar em Três Marias. A companhia de energia elétrica está fazendo investimentos bilionários no estado de Minas Gerais até 2025

A Cemig inaugurou na segunda-feira, 20 de dezembro, a Usina Fotovoltaica Três Marias de Geração Distribuída (GD), o primeiro empreendimento de uma série de usinas que estão atualmente em desenvolvimento, dentro de um plano de investimentos bilionário, que até então é o maior da história da companhia, e foi anunciado este ano.
 
Serão investidos R$ 22,5 bilhões, até 2025, em geração, transmissão e distribuição de energia, além da geração, distribuição e comercialização de gás natural. 

Confira também:

O orçamento para gerações será de R$ 4,6 bilhões com o objetivo de acrescer 1 gigawatt (GW) de capacidade instalada, através de iniciativas com foco no aproveitamento das fontes renováveis. Na inauguração estavam presentes o presidente da companhia, Reynaldo Passanezi Filho, o diretor de Geração e Transmissão da Cemig, Thadeu Carneiro da Silva, o presidente da Cemig SIM, Danilo Gusmão Araújo, além de autoridades regionais.

A usina de geração de energia solar GD sediada em Três Marias é o ponta pé inicial para a Cemig retomar a realização de projetos “greenfield” autorais, incluindo desde os estudos técnicos iniciais até a construção e a operação do empreendimento. A construção da usina foi iniciada em abril de 2021 e contou com o capital investido de R$ 12 milhões para ser instalada.

A nova usina de energia solar conta com mais de 5 mil painéis fotovoltaicos e terá 40% da energia produzida direcionada para consumo próprio da Cemig GT, enquanto os outros 60% serão comercializados pela companhia.

A importância da nova usina fotovoltaica

O presidente da Cemig, Reynaldo Passanezi Filho, avaliou a importância da inauguração da nova instalação. “Este é um momento muito especial para todos nós da Cemig. Essa usina mostra a nossa capacidade de voltar a crescer, de retomar o desenvolvimento da empresa depois de muitos anos”, avaliou o presidente.

 O diretor de Geração e Transmissão da Cemig, Thadeu Carneiro da Silva também acrescentou ainda que “Em situações de crise hídrica, como o Brasil viveu recentemente, a energia solar gerada por esse tipo de usina é um recurso a mais para aliviar o uso dos reservatórios das hidrelétricas”.

“Em situações de crise hídrica, como o Brasil viveu recentemente, a energia solar gerada por esse tipo de usina é um recurso a mais para aliviar o uso dos reservatórios das hidrelétricas”

Outros investimentos

Além desse empreendimento, a Cemig está com licitação aberta para construir mais três parques solares que, juntos, vão somar mais de 270 megawatts-pico (MWp) de capacidade instalada. A expectativa é de que essas usinas comecem a ser construídas já em abril do próximo ano para serem entregues a partir de janeiro de 2023. 

Além da usina solar de Três Marias, a Cemig tem o plano de construir outras duas usinas solares, porém flutuantes, no reservatório da usina hidrelétrica, com 78 e 273 MWp de capacidade instalada. A previsão é de que a primeira usina seja entregue em 2023.

Sites Parceiros

Publicidade




Tags:
Roberta Souza
Engenheira de Petróleo, pós-graduanda em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos