MENU
Menu
Início BYD Shark: A nova picape híbrida com consumo de 65 km/l e motor esportivo de 430cv de potência chega arrasando a concorrência 

BYD Shark: A nova picape híbrida com consumo de 65 km/l e motor esportivo de 430cv de potência chega arrasando a concorrência 

15 de maio de 2024 às 21:02
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
BYD Shark, Picape híbrida, BYD
Foto: reprodução BYD

Consumo eficiente, potência imbatível e tecnologia de ponta. Conheça agora a inovadora caminhonete híbrida da BYD que promete transformar o segmento de picapes

A BYD Shark, nova picape híbrida da montadora chinesa, chega ao mercado prometendo surpreender com um consumo de até 65 km/l e desempenho comparável a veículos com motor V8. Confira os detalhes deste lançamento inovador que está conquistando o mercado automotivo, de acordo com o site Autoesporte.

A BYD Shark foi apresentada oficialmente na Cidade do México, no seu evento de lançamento global. A picape entra no segmento de caminhonetes médias e se destaca pelo seu conjunto híbrido que oferece consumo excepcional e desempenho superior a muitas concorrentes com motores V6 e V8.

Artigos recomendados

Versões, tecnologias e preços do novo BYD Shark

No México, a picape híbrida Shark será comercializada em duas versões: GL e GS, com preços entre 899.980 e 969.800 pesos mexicanos, o que equivale a aproximadamente R$ 274 mil e R$ 295 mil, respectivamente. O lançamento no Brasil está previsto para entre setembro e outubro, mas os preços e versões ainda não foram confirmados para o mercado brasileiro.

A picape híbrida BYD Shark utiliza a plataforma DMO Super Híbrida Off-road, uma evolução do sistema DM-i do Song Plus. Este sistema promete excelente desempenho tanto em estradas pavimentadas quanto em terrenos off-road, rivalizando com modelos a diesel como Toyota Hilux, Ford Ranger e Chevrolet S10.

A picape híbrida é equipada com um sistema híbrido plug-in, que pode ser recarregado em tomadas. A capacidade da bateria não foi revelada, mas a BYD informou que pode ser carregada de 30% a 80% em apenas 20 minutos em carregadores rápidos de 40 kW.

Foto: reprodução Autoesporte

O conjunto mecânico inclui um motor 1.5 turbo de 192 cv, além de dois motores elétricos – um dianteiro de 228 cv e 31,6 kgfm e outro traseiro de 201 cv e 34,7 kgfm, totalizando 430 cv de potência. A aceleração de 0 a 100 km/h é feita em impressionantes 5,7 segundos.

Consumo e autonomia da picape híbrida

A BYD Shark impressiona pelo consumo de combustível. Utilizando apenas o motor a gasolina, a picape faz 13,3 km/l. No modo híbrido, combinando os motores a combustão e elétricos, o consumo pode chegar a 65 km/l. A autonomia total, segundo o ciclo europeu, é de 840 km, e no modo 100% elétrico, a picape pode rodar até 100 km com uma única carga.

A Shark mede 5,46 metros de comprimento, 1,97 metros de largura e tem um entre-eixos de 3,26 metros, sendo ligeiramente maior que a Ford Ranger. A capacidade de carga é de 835 kg, um pouco abaixo das concorrentes a diesel que costumam carregar cerca de 1 tonelada.

Conheça a picape BYD Shark

Desempenho Off-road e suspensão avançada

A suspensão independente de braço duplo triangular na dianteira e traseira da Shark é incomum para picapes, que geralmente utilizam eixo traseiro rígido. O sistema de tração integral ajusta a distribuição de torque entre as rodas em milissegundos, proporcionando excelente desempenho em terrenos difíceis.

Os ângulos de ataque e saída são de 30° e 19,2°, respectivamente. O design robusto e quadradão, com capô alto e faróis de LED conectados por uma peça iluminada, remete à agressividade de um tubarão, inspiração para o nome do modelo.

Inscreva-se
Notificar de
guest
1 Comentário
Mais antigos
Mais recente Mais votado
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
1
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x