Menu
Início Equinox Resources investirá 32 milhões no Brasil e Bahia pode se tornar protagonista na produção de terras raras, minerais presentes em carros elétricos, turbinas eólicas, eletrônicos e muito mais!

Equinox Resources investirá 32 milhões no Brasil e Bahia pode se tornar protagonista na produção de terras raras, minerais presentes em carros elétricos, turbinas eólicas, eletrônicos e muito mais!

8 de abril de 2024 às 18:04
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
Bahia pode se tornar protagonista na produção de terras raras, minerais presentes em carros elétricos, turbinas eólicas, eletrônicos e muito mais!
Foto: Dall-e/Terras Raras

Equinox Resources, empresa australiana, está com planos ambiciosos para transformar a Bahia em um polo produtor de terras raras e alavancar a economia de todo o país com a geração de empregos e rendas.

A região de Jequié, no estado da Bahia, chamou a atenção de empresas australianas, capitalizadas na bolsa da Austrália, que estão pesquisando o subsolo baiano, à procura de terras raras, grupo de 17 elementos químicos essenciais para várias tecnologias que podem alavancar a transição energética no mundo. Uma das empresas que desejam tornar a Bahia um polo produtor é a australiana Equinox Resources.

Mercado de terras raras pode alcançar a 14 bilhões e Bahia será um polo produtor

Apesar de seu nome, os elementos químicos conhecidos como terras raras não são tão raros quanto se pode pensar, uma vez que são encontrados na natureza associados a outros minerais. Na Bahia, as pesquisas concentram-se nas argilas iônicas, que contêm íons desses elementos em sua composição.

Artigos recomendados

O acesso a reservas economicamente viáveis e o domínio das tecnologias de processamento dessas terras são pontos cruciais em uma disputa geopolítica envolvendo EUA, países europeus e China, que competem pelo controle dessa cadeia de suprimentos vital para o desenvolvimento de novas tecnologias.

O mercado global de terras raras tem um valor estimado em cerca de 6 bilhões de dólares anuais, com expectativas de crescimento de 10% ao ano, podendo chegar a 14 bilhões de dólares até 2028, conforme um relatório da Grand View Research. Esse aumento é motivado pela demanda crescente por tecnologias de energia limpa, eletrônicos e veículos elétricos, que dependem desses elementos. A Equinox Resources, uma empresa australiana, está entre as que investem na exploração de terras raras no Brasil, com projetos em andamento na Bahia e em Minas Gerais.

Equinox Resources visa realizar investimento milionário

A Equinox Resources acredita que o país pode se tornar um polo produtor para suprir a demanda mundial desses elementos químicos. Segundo Zac Komur, CEO da empresa, que esteve no Brasil para acompanhar os preparativos para o início das pesquisas em Jequié, na Bahia, o país possui geologia com potencial para reservas internacionais, infraestrutura e segurança jurídica. Esse ambiente favorece investimentos como o que pretendemos fazer no país.

A empresa está começando na região de Jequié, numa área de cerca de 1.755,2 km², a primeira fase dos estudos do projeto de terras raras em argila iônica, chamado de Campo Grande, onde planeja investir cerca de 10 milhões de reais até agosto, em trabalhos de geologia, geofísica e geoquímica e transformar o local em um polo produtor. 

A Equinox Resources está otimista com o potencial do projeto, que pode transformar a região em um polo produtor internacional de terras raras, conforme o empreendimento for evoluindo, além de extrair, a empresa pretende verticalizar a produção para agregar valor, separando e processando os elementos de terras raras na Bahia, segundo Komur.

Equinox Resources oferecerá bolsas na Universidade Federal da Bahia

Em sua vinda ao Brasil, o executivo da Equinox Resources se reuniu com autoridades do governo federal em Brasília, para apresentar os planos da empresa. Ele se encontrou ainda com o prefeito de Jequié, Zé Cocar para discutir parceria com o município para qualificação de mão de obra e investimentos futuros que a empresa deseja fazer em projetos de infraestrutura e socioambientais na Bahia.

Vale mencionar ainda que Zac Komur visitou a Universidade Federal da Bahia (UFBA), onde se reuniu com professores do departamento de geologia e geofísica da universidade para tratar de uma parceria estratégica com a universidade nas áreas de geologia, geofísica e geoquímica.

A Equinox pretende oferecer bolsas de mestrado e doutorado para pesquisas com foco em desenvolver o conhecimento geológico nas áreas do projeto Campo Grande.

Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x