1. Início
  2. / Ciência e Tecnologia
  3. / A revolução do grafeno: O material mágico que prometeu revolucionar o planeta de uma forma nunca vista antes agora finalmente pode ser produzido de forma pura e em grande quantidade!
Tempo de leitura 3 min de leitura Comentários 0 comentários

A revolução do grafeno: O material mágico que prometeu revolucionar o planeta de uma forma nunca vista antes agora finalmente pode ser produzido de forma pura e em grande quantidade!

Escrito por Roberta Souza
Publicado em 11/06/2024 às 13:16
“grafeno”, “construção”, “indústria”
Foto: reprodução IA

Avanço inovador na indústria e construção civil: Produção em larga escala de grafeno puro e de alta qualidade alcançada por universidade dos EUA!

Depois de quase duas décadas de desafios, o grafeno, aquele material mágico que promete revolucionar a tecnologia, está finalmente pronto para ser produzido em grande escala e sem impurezas. Cientistas da Universidade de Columbia, nos EUA, liderados por Jacob Amontree, descobriram a causa das contaminações e desenvolveram uma técnica inovadora para fabricar “grafeno limpo”, uma conquista que pode transformar diversas indústrias.

A luta pela pureza: grafeno esfoliado vs. DQV

Desde que foi isolado pela primeira vez com uma fita adesiva, o material tem mostrado seu enorme potencial, mas também suas limitações. A técnica original de esfoliação cria grafeno extremamente puro, porém em pequenas quantidades, inadequadas para aplicações industriais. Já a técnica de crescimento por deposição química de vapor (DQV), embora capaz de produzir o material em grandes dimensões, sempre sofreu com problemas de qualidade, gerando amostras “sujas”. A descoberta recente de que o oxigênio é o vilão dessas impurezas abriu caminho para um método que promete revolucionar a produção.

A Real Graphene apresenta a G-100, uma bateria portátil de 10.000 mAh, com recarga em 20 minutos, graças à integração de grafeno. Sua tecnologia única combina grafeno e lítio, proporcionando maior eficiência e segurança.
Foto: Reprodução/AlexanderAlUS

O papel crucial do oxigênio

Eliminando traços de oxigênio do processo de DQV, os cientistas conseguiram produzir grafeno de alta qualidade, comparável ao esfoliado, mas em tamanhos muito maiores.Acredite se quiser, o oxigênio era o culpado por toda essa bagunça,” disse o professor James Hone. Este avanço é um marco para a produção em larga escala, permitindo que o grafeno finalmente atinja seu potencial na construção e na indústria de alta tecnologia.

Produção em escala: uma nova era para o grafeno

Com a eliminação do oxigênio, o crescimento do grafeno por DQV tornou-se muito mais eficiente e consistente. Os cristais de grafeno agora podem ser produzidos em série, com qualidade uniforme. Este é um passo crucial para levar o material das bancadas de laboratório para aplicações práticas em diversas indústrias. Imagine dispositivos eletrônicos mais rápidos e eficientes, materiais de construção mais leves e resistentes, e avanços significativos em áreas como a medicina e a energia.

Transferência limpa e aplicações futuras

O próximo desafio para os pesquisadores é desenvolver um método para transferir o grafeno de alta qualidade do catalisador de metal para outros substratos funcionais, como o silício. Essa etapa é essencial para que o material possa ser utilizado em uma ampla gama de aplicações industriais. A indústria da construção, por exemplo, poderá se beneficiar enormemente de materiais reforçados com grafeno, que são mais leves e duráveis.

O futuro promissor do grafeno na indústria

A produção de grafeno puro e em larga escala é uma realização monumental, abrindo inúmeras possibilidades para inovação em diversas áreas. Com a nova técnica de crescimento por deposição química de vapor livre de oxigênio, estamos prestes a ver o grafeno transformar a construção civil, a eletrônica, e muitas outras indústrias. Este avanço não só resolve problemas antigos de produção, mas também abre portas para um futuro mais eficiente e sustentável. Prepare-se, o grafeno está pronto para brilhar!

Inscreva-se
Notificar de
guest
0 Comentários
Feedbacks
Visualizar todos comentários
Roberta Souza

Engenheira de Petróleo, pós-graduada em Comissionamento de Unidades Industriais, especialista em Corrosão Industrial. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos

Compartilhar em aplicativos
0
Adoraríamos sua opnião sobre esse assunto, comente!x