Acordo entre Eletronuclear e Westinghouse prevê conclusão de Angra 3 e construção de novas usinas

Flavia Marinho
por
-
29-02-2020 17:11:12
em Economia, Negócios e Política
Acordo entre Eletronuclear e Westinghouse prevê conclusão de Angra 3 e construção de novas usinas de energia nuclear Acordo entre Eletronuclear e Westinghouse prevê conclusão de Angra 3 e construção de novas usinas de energia nuclear

Possível participação da Westinghouse na conclusão de Angra 3 e na construção de novas usinas, fazem parte do escopo assinado entre Eletronuclear, Eletrobras e a americana

Memorando de entendimento – MOU para cooperação técnica na área de energia nuclear foi assinado entre Eletronuclear, Eletrobras e Westinghouse. Está a procura de emprego? Novo projeto de óleo e gás da Wood com muitas vagas offshore e onshore, em quase todas as funções divulgadas neste dia 28

Leia também

Estão incluídos no escopo do documento a operação e manutenção das usinas de energia nuclear Angra 1 e 2 e uma possível participação da empresa americana na conclusão de Angra 3 e na construção de novas usinas nucleares, entre outros itens.

O acordo vem na esteira da assinatura, no início de fevereiro, de carta de intenções entre Eletronuclear e Westinghouse para cooperação na extensão da vida útil de Angra 1.

A indústria americana de energia Westinghouse está pronta e animada para trabalhar com o Brasil’, afirmou o secretário de Energia dos EUA

Brasil e EUA avançam em conversas sobre energia nuclear

Na viagem aos Estados Unidos programada para março, o presidente Jair Bolsonaro terá elementos para retomar um assunto tratado na visita do ano passado.

Uma carta de intenções assinada no dia 3 de fevereiro pela estatal brasileira Eletronuclear e pela Westinghouse, empresa dos EUA, deu o primeiro passo para a cooperação entre os dois países para o prolongamento da vida útil da usina de energia nuclear Angra 1.

O documento foi firmado durante reunião no Rio de Janeiro do Fórum de Energia Brasil-EUA, criado quando Bolsonaro esteve em Washington.

“O Fórum tem como foco a cooperação de petróleo e gás, energia nuclear civil e eficiência energética e elétrica”, explicou a assessoria de imprensa da Embaixada dos EUA em Brasília. Durante a reunião, também foi assinado um memorando de entendimento entre o Instituto de Energia Elétrica dos EUA – uma associação de empresas do setor privado – e a Associação Brasileira para Desenvolvimento de Atividades Nucleares (ABDAN) para ampliação da cooperação na área nos próximos anos.

Tags:
Flavia Marinho
Engenheira de Produção pós graduada em Engenharia Elétrica e Automação. Experiente na indústria de construção naval onshore e offshore. Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal.