MENU
Menu
Início A INCRÍVEL Energia renovável que pode ser 10X melhor que Energia Solar e Eólica

A INCRÍVEL Energia renovável que pode ser 10X melhor que Energia Solar e Eólica

31 de agosto de 2022 às 21:42
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
A INCRÍVEL Energia renovável que pode ser 10X melhor que Energia Solar
Dispositivo de energia dos mares na China/Reprodução – Ecosolare

Empresas e cientistas estão desenvolvendo projetos de energia renovável que podem ser até 10 vezes mais potente que a energia solar e eólica. Conheça a energia dos mares.

As fontes de energias renováveis são uma das melhores formas de se produzir eletricidade, entretanto, há um único e grande obstáculo que se enfrenta em fontes como a energia solar e a eólica, que é a intermitência. A energia renovável não pode ser produzida sempre que necessária como, por exemplo, a energia solar não pode ser gerada durante a noite. Entretanto, foi descoberto um método para produzir energia sustentável sem intermitência: A energia dos mares, que está deixando diversas empresas e especialistas do setor empolgados, tendo em vista que pode ser até 10X superior a energia solar.

Energia eólica e energia solar podem ficar ultrapassadas

A INCRÍVEL Energia que pode ser 10X melhor Que Energia Solar | Energia das Marés

A energia solar e eólica são ótimas formas de gerar energia renovável, sendo relativamente baratas e sem causar poluição, ao contrário de usinas que funcionam à base de combustíveis fósseis, que emitem CO2 na atmosfera. A energia solar e eólica nunca acabariam em menos de um bilhão de anos, entretanto, a energia renovável dessas fontes possui diversas desvantagens, podendo ser afetadas por ciclos ambientais diários que podem reduzir sua eficiência, tendo em vista que nem sempre essas fontes podem gerar energia durante o dia. 

Artigos recomendados

Tendo esses obstáculos, empresas estão investindo na energia dos mares, que se trata de uma energia renovável que não gera nenhum dano ao meio ambiente e pode ser utilizada durante 24h, resolvendo o problema de intermitência.

A energia dos mares é gerada pelas ondas das águas oceânicas durante a subida e descida da maré. Alguns lagos e rios também podem ter essas marés. Os engenheiros dessa tecnologia aproveitam o fenômeno gerado pela lua sobre as águas da terra e o principal truque é por meio de energia cinética gerada pela ascensão e queda das marés, transformada em eletricidade.

Tipos de projetos de energia dos mares

Quanto maior a amplitude das marés ou a diferença de altura do mar entre a maré alta e a maré baixa, maior é a geração de energia renovável.

Para desenvolver um projeto de energia dos mares funcional, os engenheiros podem escolher entre três tipos, sendo o primeiro através da turbina de maré, que é muito simples e bastante parecida com as turbinas eólicas. Estas são colocadas abaixo da superfície da água para que a corrente empurre às hélices, podendo gerar muito mais energia renovável do que as usinas de energia solar ou eólica.

O segundo tipo de projeto são as barragens de marés, construídas em enseadas ou estuários, sendo semelhantes com as barragens das hidrelétricas, tendo em vista que são utilizadas comportas para formar um reservatório em um lado da barragem.

Por fim, o último tipo de projeto são as cercas de marés, que funciona como uma junção dos dois primeiros projetos, com estilos de curvas verticais em suas hélices que contam com uma cerca para concentrar água.

Locais apropriados para os projetos de energia dos mares

O fato é que, apesar da água cobrir dois terços da superfície do planeta, nem todos os locais são apropriados para receberem este tipo de projeto.

As localidades devem atender a alguns requisitos específicos para que os projetos se tornem viáveis. Também devem ser evitados tsunamis e tornados, tendo em vista que estes podem ser destrutivos para os projetos.

Além disso, o projeto para gerar energia renovável através das ondas também não deve afetar a passagem dos navios e embarcações cargueiras, tendo em vista que poderá afetar a economia da região em que for instalado.

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR