A elétrica Enel vai aplicar investimentos de 32 bilhões em energia renovável nos próximos 10 anos para se tornar uma “gigante” verde

Valdemar Medeiros
por
-
25-11-2020 12:41:55
em Energia Renovável
Enel - investimentos - energia renovável Logo da enel

No Brasil, a Enel pretende aplicar investimentos de 5 bi de euros, ou seja, no câmbio atual, é mais de R$ 30 Bi, nos próximos três anos. Que é equivalente a 12,5% de seu plano global de investimentos na temporada.

Nesta terça-feira (24), o presidente da empresa Enel, Francesco Starace, afirmou que o principal foco dos investimentos da empresa, são os projetos de geração de energia renovável, visto que, a empresa se afirmou fortemente no mercado de distribuição brasileiro.

Leia também

A Enel é a maior concessionária do ramo, no Brasil. Sendo a Enel a maior empresa de distribuição de energia renovável do país, ela controla a distribuição não somente e São Paulo, mas em outros estados, como Ceará, Goiás, e em uma parte do estado do Rio de Janeiro.

Enel visa equilibrar posição em relação a geração e distribuição de energia renovável

Em entrevista, afirma Starace, acerca do plano de investimentos para os próximos três anos, a Enel tem o objetivo de nivelar a sua posição no mercado de geração e distribuição de energia renovável, nos países em que opera.

Focalizando o Brasil como centro de distribuição mais forte, a prioridade dos investimentos é na área de geração. Porém, Starace não descarta a presença nos leilões de privatização das distribuidoras CEEE-D, do RS, e da CEB, do DF.

A Enel adequa o crescimento de investimentos em distribuição com a Aneel

A empresa Enel ajustou o volume de investimentos em distribuição, referente às negociações com a Aneel, acerca do reequilíbrio econômico-financeiro dos acordos, devidos as condições causadas pela pandemia.

Durante a pandemia, a sede da Enel em São Paulo, sofreu vários protestos por aumentos indevidos na conta de luz, considerando injustificados pelos clientes. No mês de agosto a mesma assinou um Termo de Ajustamento de Conduta – TAC, com o Procon-SP, parcelando assim os débitos dos clientes que formalizaram suas queixas.

Tags:
Valdemar Medeiros
Especialista em marketing de conteúdo, ações de SEO e E-mail marketing. E nas horas vagas Universitário de Publicidade e Propaganda.
fwefwefwefwefwe