Apesar da crise do coronavírus, a Enel assegura planos de expansão da empresa com projetos de energia limpa para 2020


Apesar da crise do coronavírus, a Enel assegura planos de expansão da empresa com projetos de energia limpa para 2020

Referência no setor de energias renováveis no mundo, a Enel declarou que o novo coronavírus não deve afetar seus projetos de expansão

Em contramão à diversas empresas do setor de óleo e gás, que já anunciaram redução de investimentos em virtude da pandemia do coronavírus, a Enel minimizou os efeitos da crise nos planos de expansão da empresa para o segmento de energia solar e outras fontes renováveis neste ano de 2020. A companhia destacou que o surto ainda não ocasionou prejuízos materiais a cadeia de fornecimento de seus projetos, ao divulgar balanço financeiro no último dia 19 de março, de acordo com o Portal Solar.

Veja também

“Nós temos um horizonte de ganhos muito visível. Mais de 80% do nosso EBITDA tem origem em atividades contratadas que não são afetadas pelo COVID-19”, afirmou Francesco Starace, CEO da Enel. A empresa possui uma meta de aumento de 14 GW de energia limpa nos próximos dois anos em seu portfólio.

No mundo todo, mais de 35 mil trabalhadores da Enel, aproximadamente metade do corpo de funcionários global da empresa, estão trabalhando atualmente de maneira remota ou home office.

A Enel anunciou, em novembro de 2019, novos investimentos em projetos de energias renováveis em países como Itália, Chile, Espanha e Brasil. Estima-se uma capacidade adicional de 4 GW em fontes alternativas somente em 2020, considerando um portfólio de ativos que já conta com 45,9 GW.

No Brasil, projetos de energia solar são parte integral para expansão da Enel. A empresa anunciou no mês passado a ampliação do parque solar São Gonçalo, no estado do Piauí, através da ENEL Green Power, cujo investimento é de cerca de R$ 422 milhões e a previsão é que comece a operar ainda nesse ano.

A usina no Piauí, que já é considerada a maior da América do Sul, irá contar com 608 MW de capacidade e deve gerar energia suficiente para abastecer mais de 820 mil residências.

TENHA UM CV ESPECÍFICO PARA O SETOR DE ÓLEO E GÁS

Você gostaria de ter um currículo desenvolvido especialmente para uma vaga no meio marítimo, em plataforma, offshore ou cabotagem? Adquira seu currículo offshore formatado e específico aqui📄

Kelly Angelim

Sobre Kelly Angelim

Engenheira de Petróleo, especialista em Eficiência Energética e mestre em Engenharia Civil. Experiente na indústria petrolífera onshore; Entre em contato para sugestão de pauta, divulgação de vagas de emprego ou proposta de publicidade em nosso portal. Não recebemos currículos