Menu
Início A Argentina, um país com uma história rica e um passado de prosperidade, vem enfrentando uma das crises econômicas mais severas do século XXI

A Argentina, um país com uma história rica e um passado de prosperidade, vem enfrentando uma das crises econômicas mais severas do século XXI

6 de dezembro de 2023 às 18:32
Compartilhe
Compartilhar no WhatsApp
Compartilhar no Facebook
Compartilhar no LinkedIn
Compartilhar no Telegram
Compartilhar no Twitter
Compartilhar no E-mail
Siga-nos no Google News
A Argentina, um país com uma história rica e um passado de prosperidade, vem enfrentando uma das crises econômicas mais severas do século XXI
Crise econômica na Argentina, devido a alta inflação (Imagem / Divulgação)

Apesar de ser o quarto maior país da América e ter sido um dos mais ricos do continente, a nação sul-americana luta contra uma inflação alarmante, que beira os 140% desde 2020.

A fragilidade econômica da Argentina foi exacerbada por eventos globais como a pandemia de COVID-19 e a guerra entre Rússia e Ucrânia, que impactaram a cadeia de suprimentos mundial. No entanto, a inflação argentina supera em muito a média mundial, destacado em grandes portais como G1, Folha de São Paulo e Portal 360.

Em uma análise mais detalhada, o canal Capital Financeiro explora as origens e consequências da crise econômica argentina. A história da Argentina é marcada por uma economia inicialmente baseada na exploração agrícola, beneficiada pela fertilidade da região do Rio da Prata e dos Pampas. No entanto, a Grande Depressão de 1929 e as políticas econômicas subsequentes, especialmente sob a liderança de Juan Domingo Perón, começaram a moldar o cenário econômico atual do país.

Artigos recomendados

Perón implementou um modelo econômico populista, com um aumento significativo do controle estatal e um foco em indústrias nacionalizadas

Essas políticas isolaram a Argentina do mercado internacional e inflaram o tamanho do estado. Subsídios governamentais para bens e serviços, como eletricidade, e um setor público inchado, onde um terço dos empregados formais trabalha para o estado, são reflexos dessas políticas.

A crise se intensificou em 2018, sob a presidência de Maurício Macri, que tentou atrair investimentos em dólares, mas acabou gerando mais inflação e desvalorização do peso argentino, como destaca uma reportagem da BBC. A situação piorou com a pandemia de COVID-19, quando o governo de Alberto Fernández congelou preços e emitiu mais dinheiro, levando a uma desvalorização histórica do peso.

A história da Argentina, revela uma série de decisões econômicas equivocadas que se acumularam ao longo dos anos, culminando na crise atual. A inflação descontrolada e a desvalorização da moeda são apenas a ponta do iceberg de uma crise econômica profunda, que tem raízes históricas e é agravada por políticas governamentais mal orientadas.


Você quer receber apenas notícias e vagas de emprego do seu interesse? A solução chegou através do app CPG VAGAS E NOTÍCIAS! Se você é pintor, vai receber no seu celular apenas oportunidades neste cargo. E será assim com pedreiro, técnico, engenheiro e etc..... Não perca nada do que acontece no mercado de trabalho e econômico do Brasil, baixe agora o app CPG VAGAS E NOTÍCIAS, disponível para Android e IOS!

APP CPG VAGAS E NOTÍCIAS

Relacionados
Mais recentes
COMPARTILHAR
BANNER POPUP CPG VAGAS E NOTICIAS 2 Fechar